Poesias

Constantemente.

Constantemente.

Tornando-me assim o seu navio.
E com minh'alma, meiga e prisioneira,
Te faço marejar, por todas as manhãs.
Pela busca do seu amor mais profundo.

Meu corpo na fundura do oceano'
Pois, as vezes, fujo do meu corpo
Me encontrando sob o seu livremente.
Te encontra sempre navegante.

Se esta paixão é uma bruxaria,
Amor, o tempo, arde tantas verdades,
Para ti, ela se revela magia.

Valorizando o amor que sinto,
E me leva, há viver por ti, constantemente!"
E no rosto a rosto, lhe faz carícias.

Ednaldo F. Santos

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

fantasia, saudade, amor, olhares, sorte, beijos, alma, paixão,

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Obrigado Elaine Márcia, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado Lilian Ferraz, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado José Carlos, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado Marsoalex, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado Ilario Moreira, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado Maria Elisabete, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Na magia da paixão a bruxaria fala alto. Lindíssimo! Bjs

  • Parabéns, poeta, poema lindo, o amor é algo enfeitiçador mesmo... Abraços, paz e Luz!!!

  • As vezes, a paixão parece mesmo bruxaria!

    Ficou lindo e doce teu poema, Ednaldo!

    Abraços!

    :)

  • Uma poesia exalando amor por todas as linhas e versos.Parabéns.!Show!!!

This reply was deleted.
CPP