Poesias

DISTÂNCIAS

DISTÂNCIAS

Se de tantas saudades
Se contarem meus passos
Para alcançar teus olhos
Entre adeuses esparsos

E se meu astrolábio,
Mirando estrelas, vires,
Para medir a curva
Do arco das tuas íris,

Relembra que a fortuna
Me deu asas quebradas
Para o voo do amor
Entre as nuvens do nada.

(E. Rofatto)

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

E. Rofatto

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • parabens poeta lindo e moderado

    • Grato, Magaly! Sua leitura e apreciação: causas de grande satisfação para mim!

  • " ...entre as nuvens do nada...,"
    Voo cego..., esplendorosamente, poetico!
    • Grato, Zana! Sua visita e comentário lisonjeiam-me!

  • UAU... - Que inspiração mais inspirada - Poeta Menino Educador das Artes Edvaldo Rofatto!

    .

    Uma Delicia de ler... Re-Ler... Sentir... Re-Sentir! NOSSOS APLAUSOS!!

    Ah - Agora estão proliferando as Artistas Graficas e Designers "Anônimas" nesta Casa...

    Por questão de Ética, não informarei que o Logo abaixo e no canto inferior esquerdo da linda Moça seja dela... Imagina!!

    ...

    gaDs

    • Grato, Zeka! Muito bom ter sua aprovação!

      Essas artistas são nossas "michelangelas": deixam tudo mais bonito!

      Não me esquecerei desse Logo que é uma assinatura de senso estético e de dedicação!

      (Você é uma fábrica de riso também, rsrs)

  • Minha gratidão a quem formatou meu texto: ficou realmente bonito! Um privilégio ser agraciado com o bom gosto de quem  fez tão belo trabalho!

    • Fico feliz Edvaldo que tenha gostado.

      Bjinho

    • Gostei muito, Livita! Parabéns pelo bom gosto: poesia em imagem!

  • Estou nas nuvens, de tão extasiado que me sinto com a beleza do seu poema, é simplesmente maravilhoso, tudo é requintado desde do começo ao arremate. Parabenizo você poeta E. Rofatto pela tenacidade e inovação em suas letras, proporcionando momentos de deleite literários!

This reply was deleted.
CPP