Blog do Autor

Teatro da Vida - Act V

Teatro da Vida - Act V

...

Protegido por reticências reticentes, abro os olhos.

Não sei se foi sonho ou se o sonho que imagino seja

é a real realidade. Me vejo nu... Me sinto nu...

Totalmente nu!

.

Olho para mim mesmo e percebo que sou um ser

unicelular - desprovido de membros - desprovido

de órgãos - desprovido de vida... De vida?

Como é possível?

.

Relembro... Ah... se ora relembro, significa que

então tenho mente... que sempre mente... As reti-

cencias invadem todos os meus pensamentos e me

amarram em uma espécie de cadeira elétrica do

tipo das que são eletrocutados os Americanos...

.

Ah que bom que não seja Made in USA! - Se bem

que... Apagam- se as luzes, entram as sombras,

e no meio delas, um Projetor, roda imagens,

em preto e branco, onde me vejo, e qual um

Diário, a minha vida, rola na tela...

.

Não sei onde estou. Não não pode ser - onde estou

o céu... Ah... me parece mais os Infernos com seus 9

Dantescos círculos. Sempre imaginei - deve ter sido

a Santa Igreja que me informou, que no inferno

impera o ferro e o  fogo!

.

Falsas palavras! Mentiras torpes - agora percebo -

e o Projetor comprova bem. O inferno sou eu. Sou

todo ardente - sou todo em chamas - combustível

queimando  a  mim  mesmo...

.

Sou a loucura... Sou grito insano... Sou todas as

guerras dentro de Mim! - Esse sou eu - eu sou

assim - descubro enfim!!!

...
Sem espectadores deste Teatro da Vida, fecham-

se as cortinas.
Cerro meus olhos... Será o fim: - Ah...

Prefiro pensar que agora seja o Inicio do Inicio!!!


Tudo neste Ato do Teatro das Vidas vai dar Certo...

Não fosse assim, os que me Amam e até os que

me mamanipulam não teriam dito o auspicioso

e tradicional...

- MERDA !!!
...

As cortinas se erguem... - Vai começar o Acto... ... .

zeca-feliz - gaDs!

gaDs

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Aproxima-se o Natal... Tempo de Refletir... - Que é Toda a Vida!!! gaDs

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Aquilo que é mais que bom e mais que ótimo é bótimo. Assim é teu poema, bótimoooooooooo! Bjssssssssss

  • Adm

    rsrsrsr tudo muito sério no começo e chega ao fim, a surpresa. Parabéns Zeca texto pra lá de muito bom.

  • rsrsrsrr, rir de umo mesmo é amarse a sim mesmo.

     Bom, reflexivo, interesante, criativo demais.

     E certamente, o inferno só existe em nós.

     E aqui na Terra.

     Parabéns.

This reply was deleted.
CPP