Poesias

Hoje..

Hoje...

.

Hoje ao observar o belo pôr do sol

Que se esconde por detrás dos montes

Não tenho mais o olhar sonhador e meigo

Que enxergava a tudo com encantamento...

Este ficou a beira de algum caminho, distante...

.

Hoje ao caminhar por alamedas perfumadas em flor

Que abraça os amantes em dias de pueril primavera

Não tenho mais o sentido inebriante dos odores almiscarados

Que intensificava minha libido, meus desejos...

Este se misturou ao vento e partiu para bem longe...

.

Hoje minhas recordações são como um filme antigo

Que aos poucos vão se definhando, amarelando

Até que, por fim, resta somente a tela negra, sem luz...

E até que minha alma seja restaurada por mãos hábeis

Que trará renovação à um coração ferido, mas esperançoso...

Ficarei a espera de um milagre chamado amor...

.

Maria Angélica de Oliveira – 10/08/17

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Angélica

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Parabéns, poetisa amiga, poema lindo, primoroso, adorei. Sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

    • Obrigada Ilário!

  • Belissima poesia Angélica 

    meus aplausos bjos...

    • Obrigada Eudália!!

  • Adm

    Os acontecimentos da vida vão calcinando o imo.

    Lindíssimo poema.

    Parabéns, Angelica.

    • Obrigada Edith!
  • This reply was deleted.
    • Safiraaaaa linda!!! Brigaduuuuuuuuuuu!!!

  • Um coração que si prolifera em amar, um amor que a saudade chora, as lágrimas regam os sentidos que gritam os momentos que si foram. Lindo poema, adoravel

    • Obrigada Jose Carlos!
This reply was deleted.
CPP