Poesias

Lua

.

Solo de brisa em suave tangência,
lua branca na catedral da amplidão
e o poeta jaz, encantado, em total anuência
bordando estrelas no céu de seu coração

.

Neusa Marilda

.

 

.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Fantástica poesia amiga Neusa, amei a lua é musa a nos inspirar parabéns. Abraços e felicidades

  • Que sublime inspiração, Neusa. Parabéns!

  • Neusa querida, qué maravilha!!!!!!

     E a imagem um luxo!!!!

     A lua de sangue em movimento!!!!!

    Belissimooo

     Beijos!

This reply was deleted.
CPP