Poesias

Dentro de mim já sentia esse algo divino que é você

O tempo de mim aproximou  o seu sou, nossos passos nessa imensidão nos leva

Como os olhos  atraem o sentido, como o  leito do rio procura o destino

O seu ser me adicionou, até parece que a gente   já se amou

Já não adianta, um do outro se esconder

A vida esse encontro nos proporcionou de cores nos pintou

 

O meu amor por você era bem antes de lhe conhecer

Tudo em você me faz te amar, teu sorriso teu olhar

Um universo de boas coisas ao ti  ver

 

Mar da vida que caminhamos, se amamos.

Dois corações  faz o nosso amor existir

Destina-se que isso era para acontece

Dentro de mim  já sentia esse algo divino

Que é você

 

 

 Autor: José Carlos Ribeiro

19/03/2017

 Imagens google

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

"Só o amor explica os mais belos sentimentos" dos olhos onde algo se revela insanamente
Um tudo que grita dentro de nós ovacionando os plenos desejos

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Lindo poema

    gracias por compartir

    • Obrigada poetisa pelsa lindas palavras.

       

      O amor é fértil nos sentidos do dos fazeres

  • Que partilha linda e gostosa de ler, uma harmonia sem igual! Bjo

    • Lindas palavras que me comove.

      Um amor que nasce de nossos olhos, nos amando

  • O amor não se vê com os olhos mas com o coração - Disse Shakespeare

    Lindo poema caro amigo

    Bem haja pela partilha

    FC

    • O  aor ele é sentido pelos nosso corpos, elevando as peles em desejos

      obrigado poeta

  • O amor sempre é divino, ainda mais versado como este poema. Meus parabéns José Carlos. Abraços.

    • Os versos são decantado nos mais lindo momentos de amor decantados

      obrigado poeta

This reply was deleted.
CPP