Poesias

Marquei encontro com o sol

Marquei Encontro com o sol
Mas,
Quem lá estava
Era a lua
Porque, o encontro
Afinal
Não era do sol
Mas da lua
Neste encontro
Estava também
Á minha espera
Muitas, estrelas
Para admirar
O encontro
Que o Sol, tem
No seu esplendor
De irradiar
Muita alegria

Mas
Esse sol
Se escondeu
Tudo, à sua volta
Tremeu
Porque
Esse sol
Que marcou, encontro
Atrás das nuvens
Chorou...
Eram lágrimas do sol
Por faltar ao encontro

E, no céu.
Apareceu
A chuva que caiu
Como lágrimas
Que choram
Quando se perde alguém
Mesmo
Que não seja
O encontro do sol
Mas o encontro de alguém
Que sempre está
Como o encontro
Que marquei
Com o sol
E, falhou
Marquei encontro com o sol
Ele estava escondido
A ver
A lua
Que falava comigo
De alguém
Que anda perdido
Neste sol
Escondido
Com lágrimas
De gotas de chuva
Para contigo, falar
No encontro que marquei
Nesta manhã
Sem sol
Porque
Foi a nuvem
Que apareceu
Para que o sol raiasse
Nesta manhã
De encontro
Em que ele falhou
Varreu-se
As gotas, no chão
Olhou a lua
Encostou-se á janela
A ver a nuvem fugir
Deste encontro
Desencontrado
Do encontro que marquei
Com o sol...E falhou

Daisy Bastos

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Daisy Bastos

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Seu tema é um deleite! Sensibilidade incrível enobrece essa casa.

  • Parabéns, poetisa, poema belo, primoroso, gostei do "jogo de palavras". Abraços, paz e Luz!!!

This reply was deleted.
CPP