Poesias

MUITOS PAIS

Não querendo ter trabalho
Deixa os filhos de lado
Sempre conectado
E feliz ainda dizem: Meu filho é tão bonzinho
Fica no seu canto entretido no seu joguinho...

Esses pais enterram a fase criança do seu filho
Nunca senta para brincar nem uma historinha contar
Muito menos compra um livro para presentear
Só tablete e celular assim eles podem jogar...

Filho não é objeto precisa de atenção
Abram os olhos para essa confusão
Que está envolvendo jovens e crianças
Chegando até a mutilação...

Fiquem de olho no seu filho deixe de comodismo
Essa coisa demoníaca que usam a baleia azul
Coisas ainda piores podem acontecer
Amanhã vai chorar por quê?
Se o grande culpado é você...

Ira Rodrigues

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Hoje temos que tomar muito cuidado, com os filhos os ventos estão diferentes

  • Parabéns, poetisa, poema lindo, e fala sobre um problema enorme existente hoje em nossa sociedade, a "liberdade demasiada" que estão dando aos filhos, deixando-os a mercê de sua própria "sorte". Encantado... Abraços, paz e Luz!!!

This reply was deleted.
CPP