Poesias

NÃO VOU DIZER ADEUS

 

Sei que iremos estar

para sempre juntos.

Não haverá despedida,

não haverá um adeus.

 

Direi, até logo, com carinho,

pedindo que o meu novo caminho,

permita que não me esqueça nunca

dos carinhos teus.

 

E não haverá adeus,

nem despedidas tristes.

Deixarei apenas

de existir num Mundo,

mas partirei para outro,

onde tu, ainda existes.

 

Sem despedidas tristes,

que de minha vida

só quero levar a alegria,

a nossa canção

que se fez eterna melodia,

para que tudo possa renascer

depois da partida.

 

Sei que esse dia virá,

a todos está destinado.

Deixarei meu Amor por cá,

mas levarei a essência,

da tua imagem e presença,

para um Mundo que desejo,

ser lindo e encantado.

 

Do Céu, te mandarei flores,

em forma de agradecimento,

pois fizeste de toda a minha vida,

um único momento.

 

E, por até ao final

deste meu tempo,

me sentir por ti,

o Ser, que de todos os Seres,

foi o mais amado.

 

E estarei contigo assim,

longe de tudo,

perto de tudo,

em qualquer lado.

António Portela

 

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • .

    .

  • Gestores

    O que dizer diante de tanta beleza!!???! Parabéns!!! Mil vezes Parabéns!!!!!

    • Obrigado Maria Angélica, lindo dia para si.

  • Lindo António, uma partida sem rancor nem magoa, amei, beijinho.

    • O rancor doi mais que qualquer partida Cristina. Obrigado, lindo dia para si.

  • This reply was deleted.
    • Morremos apenas porque nascemos e durante o período que antecede qualquer morte temos apenas que viver, apenas isso. Obrigado Suzana, lindo dia para si.

    • Obrigado Suzana. Uma linda noite para si.

This reply was deleted.
CPP