Poesias

RENASCER DAS CINZAS - TAL QUAL A FÊNIX

Fiz de meus fracassos, meu templo de aprendizado; de minhas lágrimas o elixir para curar minhas feridas; de meu sofrimento a voz melodiosa, capaz de encantar corações e destruir pessoas; e de minha explosão, FIZ O MEU RENASCIMENTO!!!

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • E com tudo isso, demonstrou também seu coragem, sabedoria e crescimento...

     Bravo!!!!

     Feliz Natal e de novo feliz aniversário, poeta, linda flor.

     Beijos

     E a seu doçe e lindoo menino.

     

  • Quem não aprende a renascer não aprende a viver... Parabéns! Bjs

  • Uauuu! Que espetáculo de pensamento. Parabéns querida.

This reply was deleted.
CPP