Poesias

Silêncio

Quando cai a noite
Dentro do silêncio
A vos de alguém
Sobressai
Como um canto
De um parda Lito
E no silêncio da noite
Tudo é diferente
Os sons aparecem
A natureza sussurra
E tudo nela
Se compõe
Como é de esperar
A gente olha
E tudo á nossa volta
É um silêncio
Que fala, que sente
Porque quando
A noite cai
Ela sempre chega
De mansinho
Para nos inspirar
Com o seu manto
Brilhante
Ela vem
Até nos
No silêncio profundo
Que nos embala
No despertar
Dos nossos sonhos
Magia
E quando ela cai
Tudo á nossa volta
É um místico de magia
Encanto e beleza
Porque é com ela
Que nos inspiramos
Para que tudo
Seja belo
E confidencial
Aqui será
Que os namorados
Se inspiram
E fazem projetos
Para que os seus sonhos
Se realizem
E quando a noite
Cai
Cai com ela
A magia dos sonhos
Porque a noite é bela
Com o seu manto de estrelas
Que com ela brilha
E que serve de confidente
E falam da noite
Do seu silêncio
E do que habita
Nesse silêncio da noite
Quando a noite cai

Daisy Bastos

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Daisy Bastos

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Parabéns, poetisa, poema lindo, primoroso, adorei. Abraços, paz e Luz!!!

    • Muito obrigado por gostarem do que publico

      Um abraço

  • Gestores

    Vim mais uma vez visitar o seu belo ambiente poético - de conteúdo tão tônico quanto o seu talento!
    Marsoalex tem razão todo poeta gosta da noite. Mas, o Sam Moreno é mais madrugada pode isso?

    • Obrigado pelo comentario

      Abraço

  • Gestores

    Todo poeta gosta da noite. Ela é uma fonte de inspirações. Lindo, Daisy! Bjs

  • Gestores

    Adoro o silencio da noite

    Parabens, belo poema!

    • Obrigada amiga por gostar do que escrevo

      beso

    • Muito  obrigada por gostarem do que escrevo

      Abraço

  • Gestores Adm

This reply was deleted.
CPP