Poesias

Suor de Sangue

Suor de sangue

 

As estrelas ardiam em ciúmes,

Quando sem hesitar,

Troquei a grandeza delas,

Pelo aconchego apertado do seu coração,

 

Mas em cada batida fui exilado,

E tentando reconquistá-lo,

Me entreguei às batidas do martelo,

E no fincar de cada prego, em cada osso moído,

Minha alma gritava, mas também sorria,

Enquanto meu sangue regava a terra,

Um jardim eterno florescia,

 

Mas lembre-se, filho amado!

Quando buscar coroas de glória,

Coroado já fui, com espinho adornado,

E quando beber das finas safras,

A mim restou o vinagre amargo,

 

Por que não voltas?

Eis que estou à porta,

Que desejou ser viva,

Na ingrata e sombria partida,

Para roubar um último abraço teu,

 

Filho, tuas ambições te banham de suor,

Mas tamanha foi minha entrega,

Que meu suor se banhou em sangue,

 

Sendo Deus me fiz pequeno,

O menor dos homens,

Mesmo humilhado, selei meus lábios,

Cabisbaixo apenas ouvi,

Dos ávidos por minha sentença de morte:

Crucifica-o!

 

Wesley Jose de Souza - Embrião Poético

. .

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Maravilhada não só com a beleza de teus versos, mas com a grandeza neles contida! Aplausos! bjs

    • Me honra muito saber que meus versos agradaram uma poetisa do teu quilate, de coração mesmo, obrigado! Abraços!

  • Maravilhosa Inspiração - verdadeira e emocionante - que nos faz marejar as vistas diante do teu sentir sentido!

    Ah - há dias estava para postar esta interacção que não tive oportunidade...

    Só agora o faço - e mais emocionado com a integração da PoesiOração Apoteótica com as Artes da Princesa Safira!

    DEMAISSSSSSSSS - Nossos Aplausos - gaDs

    • Que bela homenagem amigo Zeca! Mesmo não sendo digno agradeço de coração, sua arte ficou maravilhosa, carregada de força mas ao mesmo tempo ternura ao compreendermos a dimensão do amor que ela traz em si. Abraços!!

  • Pessoal muito obrigado pelos comentários, de coração mesmo, inclusive formataram corretamente minha postagem, me senti honrado!

    Peço desculpas por ter editado a segunda estrofe do poema, mas é que algumas ideias me inquietaram muito, e só consegui concluí-las há pouco.

    Espero logo dominar pelo menos os comandos básicos do site rsrs.

    Saudações poéticas!

    • Obrigado Maria Angélica, inspiradoras são suas obras, e olha que ainda li poucas delas...

  • This reply was deleted.
    • Nossa obrigado pela postagem com a arte, a imagem traduziu perfeitamente a ideia, um olhar de compaixão mesmo em meio a dor, parabéns.

      Peço desculpas pela edição da segunda estrofe, achei que essas novas ideias trariam mais carga poética ao texto.

  • Congratulações pelo acúmen e dom que usou nos seu suntuosíssimo escrito.

This reply was deleted.
CPP