Poesias

TANTA GRAÇA

TANTA GRAÇA

E com tanta graça
Seguro-te a mão
Com longa trança
Vais-me beijando até o chão
Mal respiro me abraça
Acordei e não terão mais verão
Os sinos distantes
Seres voantes
Meu rosto um fio condutor
Pousa em noites de luar
Em casos de amor
Em inteiro pulsar
Dentro e tão perto a restaurar
Tua pele alimenta o meu caminhar.
23:24, 18-03-2013, Jey Lima Valadares, Itagibá

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Lindo poema

    Gracias por compartir

  • Maravilhosos versos. O amor alimenta a alma e alma te inspira a criar poemas como este. Abraços Poetisa Regiane.

  • Lindo poema onde o amor é fértil, pleno

This reply was deleted.
CPP