Poesias

TOQUE

Preliminares de mútua entrega

de corpos, almas, vontades e desejos

Tudo bem  começa com ternura e meiguice

Evolui célere até atingir a explosão do desatino

Ao final, um lindo testemunho do casal saciado

Não  sabem  onde começam e terminam

seus corpos e suas almas

fundidos no infinito imensurável de suas paixões

A lua, companheira dos amantes notívagos

desnuda a noite com sua luz prateada

para permitir que eles, exangues

possam ainda  continuar se amando,

com o carinho do toque de seus olhares

F.J.TÁVORA

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • É bom ler e sentir o que o dizer poético expressa. E eu senti. Deslumbrantes versos! Bjs

  • Francisco, é muito bom ler um poeta que se esmera no vocabulário e na criação das imagens! É muito bom ler você!

    Sobressai-se, nesse poema, uma sensibilidade tão refinada que reconhecemos, sem esforço, sua mestria não só relativamente às palavras, mas também ao comportamento afetivo.

    É quando se chega nesse estágio (saber o valor do dito e do porquê dizê-lo) que a poesia nos enleva. Aqui, nesses versos, você certamente nos enleva!

    • Muito feliz, caro poeta Edvaldo, pelo percuciente comentário.
  • Preliminares de mútua entrega é um ato impagável- A beleza de sua originalidade veste a poesia.

  • Mágico e sensual momento de poesia

    Meus aplausos

    FC

    • Prezado Frederico, seu comentário muito me envaidece.
  • lindo poema Francisco, gostei muito.

    Bjs

This reply was deleted.
CPP