Poesias

Turbulento.

Turbulento.

O amor é uma conquista mágica'
E o que a vida nos preserva,
É o desejo de estar apaixonado.
Acolhido, da solidão de alguém.

Pois, tão logo se cria uma união.
E por cada manhã, sonhar livremente.
Solto, como pássaro no horizonte. 
Se tornando o laço da confissão.

Ó beija-flor, purpúreo no escarlate'
Mas, na falange, a vida transborda;
E na chama mais profunda e nítida.

E no ero do sol sobre a lua.
Há quem diga, que seja admiração!"
Acalmando, o coração turbulento.

Ednaldo F. Santos

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

fantasia, saudade, amor, olhares, sorte, beijos, alma, paixão,

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Obrigado Ilario Moreira, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado Edith Lobato, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado Márcia Aparecida Mancebo, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado Marsoalex, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado Angélica, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Obrigado Sam Moreno, pelo carinho e atenção.

    É uma Honra...Felicidades...Abraços Meus.

  • Parabéns pelo belo compor!

  • Que saudade dos teus sonetos, Ednaldo! 

    Lindo demais!  Parabéns!  Bjs

This reply was deleted.
CPP