Poesias

Um dia eu sonhei...

Um dia eu sonhei...

.

Um dia eu sonhei com o amor verdadeiro

Viajei por mundos encantados,  sonhos pueris

Vivi momentos de intensa ternura numa entrega total

Encantei-me com gestos meigos, palavras doces...

.

Mas tudo não passou de um sonho amargo

Um mundo encantado criado por um coração carente

Presa fácil de gestos meigos, palavras doces

Ilusões meramente projetadas na alma nua...

.

Hoje, caminho descalço por entre vielas cruas

Uma alma desprovida de alentos, sofreu  calada...

Dos sonhos que um dia acalentou, não há vestígios

Perdeu-se no tempo, vítima de gestos falsos e palavras enganosas...

.

Sigo minha sina,  vida que segue ainda em tênue recuperação

Curando as feridas que muito sangraram, fortalecendo a alma despida

E do amor não espero muito, somente que fique no esquecimento

Os gestos meigos, as palavras doces que um dia me roubaram os sonhos...

.

Do coração carente, restam somente pequenas cicatrizes

Duras lições que a vida ensinou, refaço os sonhos perdidos

Carrego em meu interior somente uma certeza

De que não se deve entregar o amor a quem não sabe amar...

 

Maria Angélica de Oliveira – 12/08/17

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Angélica

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • lindo,lindo. doces  palavras .

    • Obrigada Sergio por sua gentil visita.
  • Parabéns, poetisa, poema lindo, primoroso, adorei. Até mesmo das decepções aprendemos alguma coisa e, a vida segue... Abraços, paz e Luz!!!

    • Obrigada Ilario!
    • Obrigada Nieves!
  • Adm

    Vixi maria, que lindo!

    Que lindo versar. Parabéns Agélica.

    Destacado!

    • Obrigada Edith por seu carinho e destaque!

  • A dor é mestre da vida, nos torna mais fortes e mais sábios. Belo tema amiga Angélica, aplausos querida, beijinhos.

    • Amei sua citação!!!! Copiei na introdução! Obrigada por seu carinho!!!

This reply was deleted.
CPP