Poesias

VOCÊ ROUBOU MEU CORAÇÃO

Não! Não era o que eu queria
Entregar-me assim
Atribuir a ti
O sentido da minha vida

Não! Eu não planejei tudo isso
Sei que nunca vivi um paraíso
Mas, agora, sinto-me tão vulnerável
Desde que estive em teus braços

Não planejei te amar
Jamais quis me entregar
Eu tinha uma vida certinha
E agora, nem sei se ela é minha

Acho que minha vida já é tua
Estou em tuas mãos
Nem sei quando foi
Mas, você roubou meu coração.

Marta Biscoli

 

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e das Poesias.

Join Casa dos Poetas e das Poesias

Comentários

  • Que lindo Marta!

    você se expressa de forma tão bela!

    Amei!

    :)

    • Obrigada Elaine. Beijos!

  • Adm

    O amor é assim, surpreendente. Lindérrimo! Bjs

    • Obrigada Marso. Beijos!

  • Bonito Marta!

    É mau quando roubam nosso coração.

    Quer dizer que ele está solto, sem proteção.

    Eu sei, parece difícil. Viver deixando o eu nas mãos de alguém.

    Ele poderá ir-se, deixar-nos aquém.

    Mas então, não poderemos entregar o nosso coração,

    a alguém que o tome e o ampare em sua mão?

    Vamos lembrar, que um coração tem sentimentos,

    alegrias e tormentos.

    Quer ser amado e não odiado.

    Quer amar, voar...

    Voar como uma pluma ao vento,

    mas ter proteção em todo o momento.

    E então poderás entregar?

    E poderás voar?

    Quem poderá cumprir esse papel?

    Sim,claro, há um Deus, Emanuel!

    Voa para as mãos daquele que te fez...

    Para o Único, aquele que é DEZ,

    O teu coração, será verdadeiramente amado,

    e jamais será roubado....    

    Mário Silva (20/04/2017)

    • Obrigada Mário. Abraços.

  • Marta, cada vez que lei um verso seu, ficou  mais encantado ainda com o seu dom poético.

    Parabéns!

    • Obrigada Jilmar. Abraços.

This reply was deleted.
CPP