Fórum

Respostas

    • Uau!!! Meus aplausos Adriano!!! Ficou Show!!!

    • Obrigado, interessante a sua proposta. Bjs :)

  • Palavras em tela: colapso, criança, morte, universo

  • Sobre as palavras: Poetisa, entardecer, angústia, flor

     

    Entardecer
    .
    Ao olhar o horizonte a poetisa revive o sonho
    onde os madrigais se faziam ouvir ao longe
    embalando os amantes que em transe bailavam.
    .
    Lágrimas de saudades molham-lhe a face pálida
    fazendo com que a angústia lhe turve a alma
    num grito silencioso de dor e desfalecimento.
    .
    O entardecer dos anos não foi suficiente alento
    para curar-lhe o entorpecimento da perda precoce
    do amado que partira, deixando-lhe a solidão gélida.
    .
    O brilho do sol há muito desvaneceu-se.
    O luar tornara-se insípido, resta-lhe a escuridão
    e uma flor esmaecida que ele lhe dera como despedida.
    .
    Maria Angélica de Oliveira - 30/08/18

  • Palavras em Tela: poetisa, entardecer, angústia, flor

  • ANUNCIAÇÃO

    Esta vontade de escrever intrínseca de mim
    Me veio hoje tomando espaço no âmago do meu ser,
    Veio como canção de amor, como quimera ao entardecer,
    E quer ganhar vida de qualquer jeito,

    A imaginação toma forma, cor e transforma-se em poesia;
    É uma vontade de poetizar o mundo, cheia de alegria,
    De poetizar o cotidiano, as coisas corriqueiras e mínimas do dia a dia,
    De amar além de tudo e de todos;

    Esta vontade me veio hoje como cheiro de renovação,
    Com cheiro de chuva de verão,
    Como prelúdio de algo melhor,
    Um anúncio, um presságio, uma profecia...

    Virgínia Santana

     

  • Palavras em Tela: Alegria,  Imaginação, Anúncio, Canção 

     

    VIDA SEM POETA?

    Eri Paiva

     

    A vida sem poeta me pareceria 

    Algo assim insosso e sem graça: 

    Um nada ou quase nada de alegria, 

    Um tudo indiferente ao que se passa.

     

    A vida é mais beleza e emoção

    Sob a caneta de um grande poeta! 

    Caneta, papel, imaginação 

    É o encontro que melhor se presta. 

     

    A vida seria qual jardim sem flores,

    Sem borboletas fazendo-lhe festa...

    Quem decantaria os seus amores

    Em feliz anúncio, se não há poeta? 

     

    Rico de experiência é o coração 

    De quem ama a vida e poesia faz!

    Vida e poeta, feliz conjugação 

    Que encanta a vida em canção de Paz!

     

    Parnamirim/RN

    Em 27. 08. 2018

     

This reply was deleted.
CPP