Fórum

Adm

Tendo em vista o aniversário da CPP - Casa dos Poetas e da Poesia dia 03/09/2016, estamos abrindo espaço para o primeiro Sarau Poético da Casa, com vistas à edição do primeiro livro de antologia poética, através de editora com serviço gratuito, como a Agbook ou o Clube de Autores, em comemoração ao 1º ano de existência da Casa.

Tema:

Quando a poesia fala ao coração

Até 3 poemas por autor

Máximo de 25 versos

Mínimo de 8 versos

O ideal para este projeto é que os poemas sejam inéditos e façam referência ao tema para que o livro seja uma novidade.

Participação Gratuita:

Basta simplesmente Postar seu(s) poema(s) no Quadro em Branco logo abaixo

e Clicar em "Resposta".

Boas inspirações!

cpp

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

As repostas estão encerradas para esta discussão.

Respostas

  • This reply was deleted.
  • This reply was deleted.
  • This reply was deleted.
  • This reply was deleted.
  • This reply was deleted.
  • Quando a poesia fala ao coração

    A beleza toma conta da emoção

    Toda tristeza é esquecida

    Surge a esperança para a vida

    Há um canto ao amor

    Há um convite ao despertar

    Há som de lira no ar

    Quando a poesia fala ao coração

    Há vontade de dançar à luz da lua

    Correr de braços abertos sem destino

    Sorrir para tudo, escrever poemas

    Agradecer por tanto receber e poder doar

    Ter amigos para dividir, comemorar

    Quando a poesia fala ao coração

    Todos os astros fazem plantão

    Querem celebrar os momentos de imensidão!

    Danusalmeida 20-09-2016

  •                                    A poesia em mim

     

    A poesia em mim transforma-me

    De forma ao entendimento

    Resumindo todos os acontecimentos.

    Ela então forma-me.

     

    Me infiltrando nas curiosidades

    Dos temas de variedades

    Eu conecto-me.

    Eu entendo-me.

     

    A poesia em mim entrosa

    Todos em volta de mim

    E sem direção, graciosa

    Formamos um mundo sem fim.

     

    Formosa, seu formato muito encanta.

    A sua comunicação é tanta

    Que interliga qualquer ser

    Fazendo-lhe  conhecer.

     

     

    Autora: Leomária Mendes Sobrinho

    Data:20/09/2016

     

    • Leomária partilhar tudo isso nas suas alamedas poética foi mais-que-encantador!

This reply was deleted.
CPP