Fórum

Adm

Tendo em vista o aniversário da CPP - Casa dos Poetas e da Poesia dia 03/09/2016, estamos abrindo espaço para o primeiro Sarau Poético da Casa, com vistas à edição do primeiro livro de antologia poética, através de editora com serviço gratuito, como a Agbook ou o Clube de Autores, em comemoração ao 1º ano de existência da Casa.

Tema:

Quando a poesia fala ao coração

Até 3 poemas por autor

Máximo de 25 versos

Mínimo de 8 versos

O ideal para este projeto é que os poemas sejam inéditos e façam referência ao tema para que o livro seja uma novidade.

Participação Gratuita:

Basta simplesmente Postar seu(s) poema(s) no Quadro em Branco logo abaixo

e Clicar em "Resposta".

Boas inspirações!

cpp

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • QUANDO A POESIA FALA - ALEXANDRE D'OLIVEIRA

    Quando a Poesia Fala

     

    O amor tem dessas coisas...
    ele surge aonde menos se espera, atravessa 
    o rio e o mar. Ele  rompe barreiras, vence 
    obstáculos, e aniquila preconceitos.

    O amor é destemido e benigno, valente, 
    e corajoso e pra ele nada é impossível.  Ele faz você 
    sorrir, sofrer,  até chorar, mas quando ama, renasce 
    dentre cinzas  e  vive em qualquer 
    lugar  que o deixe livre. .

    E assim quando nasce o amor  a poesia se une  
    e bem baixinho sussurra palavras amenas que alivia  
    o coração mediante tanta sofreguidão.  Portanto 
    não se engane menina com as peripécias do amor,
     
    e jamais duvide deste, apenas sinta-o. Se quando
    a poesia fala ela é plena de emoção.

    Dessa forma defino a poesia e o amor 
    porque aprendi que com o amor a gente não brinca, 
     se quando amamos muito  queremos 
    amar, e assim eu a amo.

     

    Alexandre  d' Oliveira




  • A vida é um poema

    ................

    Quando acordo, sou um poema despenteado,

    cheio de desejo de aprumar os fios dos meus cabelos,

    embaraçados, pelos sonhos.

    A escova, faz soltar a minha cabeleira farta

    e o espelho...poema-me.

    Depois... ele me abraça e diz!!..tu és poesia...

    Até a pequena remela no canto do teu olho me encanta!!

    Porque choraste durante a noite??

    Porque hoje não sonhei com um poema

    e acordei desencantada!

    Mas a vida tem mil poemas!!!

    No céu, outros mil...

    Nas flores, às centenas...

    E só colheres apenas!!!

    .........

    Cristina Ivens Duarte-11/09/2016







    .
    .

  • Marsoalex , agradeço ao cartão.Muitas figuras lindas e as poesias também,maravilhosas.Obrigada.

  •                                                                                                                   Canto à poesia

    Posso dizer de amor
    da lágrima e sorriso,
    fazendo comparações
    entre música e natureza,
    fauna e flora,
    amor, desilusão,
    saudade e despedidas,

    Sou amante do Universo
    que cabe em minha mão
    quando em poemas posso
    dar asas à imaginação

    Posso rimar à vontade
    mesmo que nem precise,
    a poesia para mim
    segue um caminho livre
    num conteúdo são,
    o que me deixa feliz
    é poder cantar
    o amor, que sei,
    ter sempre
    em meu coração


    Neusa Marilda Mucci

  • Quando a poesia fala ao coração

     

    Quando a poesia fala ao coração

    Tudo parece canção

    As rimas se encontram

    No vai e vem dos versos do poeta

    Sempre com muita emoção

     

    A alma de um poeta tudo revela

    E são nas entrelinhas de sua poesia

    Que se percebe se és um triste coração

    Alegre, esperançoso vaidoso ou não

     

    Quando a poesia fala ao coração

    Belas aventuras na vida vivemos

    Aprendemos, nos surpreendemos,

    Sonhamos com o autor, sofremos com a dor

    Num dialeto sem convenções e sem pudor

     

    Um brinde ao mundo poético

    Com seus lindos versos

    Que encantam a todos

    Que amam e sonham neste universo!

    Luciana Mara Drumond

This reply was deleted.
CPP