Adm

>MARTA BISCOLI – CARA A CARA COM SAM<

SAM MORENO
MARTA BOSCOLI

Hoje trago para vocês entrevista com a escritora e psicóloga Marta Biscoli.
Agradeço pelo comprometimento com o CARA A CARA COM SAM.
Vamos conhecer mais sobre a Marta e seu mundo!

Oi Sam, eu que agradeço.
Confesso que fiquei muito surpresa com o convite, realmente não imaginava.
Mas, aqui estou, tentarei responder o mais claramente possível.

1-Marta, conta pra gente, como você começou a escrever e como foi o procedimento até você se identificar como escritora?
Bem, primeiramente Sam, não me identifico como escritora, acredito que falta muito pra que isso aconteça. Sou apenas uma mulher que gosta de escrever, que ama esse mundo da poesia. Comecei a escrever na adolescência, naquela fase muito imaginativa, era uma forma de expor os meus sentimentos, conflitos e sonhos daquela fase transitória. Dai, nunca mais parei.


2- Para vivermos bem nesse mundo defeituoso, devemos em primeiro lugar aceitar que vivemos num mundo imperfeito?
Sim Sam, se pararmos para analisar bem, e nos perguntarmos, o que é a perfeição? A resposta será subjetiva. Tudo é relativo, o que eu considero perfeito, pode não ser pra você e vice-versa. Então, acredito que sim, aceitar que as coisas tem dois lados, e que nada é igual, seria uma das formas de se viver bem.


3- O que é desfrutar bons momentos sem ter desafios a superar?
Como disse um pensador: "É apenas passar pela vida, e não vivê-la". A vida é um desafio constante Sam, já começa em nossa concepção, vencer todos os obstáculos da gestação, deixar o útero quentinho e protegido, e vir para o mundo fora do útero, superar cada fase do desenvolvimento que nos coloca muitos desafios. Se quisermos uma vida sem desafios, não vamos vivê-la de fato, mas sim idealizá-la.

4-O excesso de estimulação limita a invenção, a imaginação, a criatividade,
a fantasia de uma criança Marta?
Sua pergunta é sobre estimulação pela era digital em que vivemos? Se for:
Estamos em uma geração imediatista, muito digital, onde as crianças já muito cedo sabem usar celulares, e sim, o uso excessivo desses meios, limita a invenção, a imaginação, a criatividade, a fantasia da criança. Brincar na terra, com a natureza, ter animal de estimação, brincar com brinquedos imaginados, criar o próprio brinquedo, isso auxilia muito o desenvolvimento cognitivo, afetivo e motor da criança. Mas, por outro lado, se usado com equilíbrio, estipulando o tempo de uso, também pode contribuir de maneira positiva. Não dá pra ficar só no mundo virtual, a criança precisa do mundo real. O que acontece Sam, é que os excessos de estímulos sonoros, visuais, físicos e informativos impedem que a criança organize seus pensamentos e atitudes. Existem muitas aptidões que estão sendo deixadas de ser estimuladas.


5- O paciente revela à psicóloga:
— Doutora, eu tenho dupla personalidade.
— Esquenta não, senta aí e vamos conversar nós quatro.
Isso realmente poderá acontecer? Ou uma piada de consultório? 
Rsrsr, verdade, pode acontecer sim.
Afinal, quem disse que dentro de nós não pode ter vários eus vivendo né. Todos importantes de alguma forma pra nós, nos trazendo equilíbrio naquele momento. Vamos entrar na fantasia do paciente, e devagar vamos trazendo-o à realidade. Aos poucos vamos fazendo uma junção desses Eus.


6-Lavar a calcinha no chuveiro. E depois pendurá-la na torneira, por que isso causa tanto aborrecimento ao sexo masculino?
Isso incomoda alguns homens, assim como deixar a toalha molhada em cima da cama, deixar a tampa da privada levantada, esquecer datas importantes, incomodam algumas mulheres. Normalmente as brigas dos casais são por coisas banais do dia-a-dia. Muitas vezes essas briguinhas podem significar muita coisa, como pode significar apenas que isso virou um costume do casal. Acredito que também tenha haver com a noção de privacidade de cada um.

7-Os homens, quando conversam, falam um de cada vez e não se entendem.
As mulheres falam todas ao mesmo tempo, e se entendem?
Sim, se entendem. Homens e mulheres são bem diferentes, o cérebro tem estruturas diferentes. No cérebro da mulher, a fala tem duas áreas específicas, e isso faz com que elas sejam boas de conversa. Elas conversam muito e muitas vezes ao mesmo tempo, e se entendem, isso é sinal de contato, participação. 
Já o homem é mais objetivo, normalmente um homem só interromperá outro na conversa,
se estiverem brigando ou em competição.
Mas claro que tem as exceções. Existem também, às mulheres objetivas e os homens tagarelas.


8-E por que algumas pessoas dão mais tranquilidade que outras?
Existem pessoas que são mais empáticas, e isso faz com que elas tenham uma habilidade maior de dar mais tranquilidade às outras. Uma pessoa com empatia tenta compreender sentimentos e emoções, sabe ouvir, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo. E isso, leva-a a evitar julgamento, e por consequência, o interlocutor sente a tranquilidade emanada pela outra pessoa.

9-Você conhece alguma história que envolva o toque para celular afrodisíaco?
Não parece ser uma invenção tão ruim, não acha? 
Sim, conheço. E acho muito interessante Sam, afinal quando se fala de relacionamento,
é preciso ser criativo, e não deixar o comodismo tomar conta.
E porque não usar a tecnologia a nosso favor?

  •  

10-Qual a imagem sedutora que você já viu em um outdoor,
atraindo a sua admiração sem clemência?
Não sei se é o meu lado materno aflorado.
Mas, outdoor com fotos de bebês.

11- Cite uma situação embaraçosa que já viveu?
Nossa, a primeira coisa que me veio a cabeça, foi um fato que me aconteceu ainda no estágio da faculdade, era meu primeiro semestre de estágio, eu ainda muito menina na época. Atendia um idoso, com queixa de conflitos com a namorada, devido à ejaculação precoce e disfunção erétil. No primeiro dia de atendimento ele já foi chegando e querendo a todo custo que eu analisasse o pênis dele ( querendo abrir o Zipper) já que o urologista havia dito que uma psicóloga o iria ajudar a superar essa fase. Na cabecinha dele, eu o ajudaria analisando o pênis e não com a escuta terapêutica. Foi tenso rsrs.


12-Existe uma luz no fim do túnel? Ou um fim no fundo do abismo?
Sempre existe uma luz no Fim do túnel.


13-O que diria para um paciente que quer amor... ou morte?
Em primeiro lugar Sam, devemos valorizar e reconhecer o sofrimento desse paciente, valorizar o que é dito e demonstrar que estamos disponíveis a ajudar. É fundamental que essa pessoa saiba e sinta o quão importante ela é para si, que a sua vida tem valor para alguém e que a sua dor emocional é compreensível e aceitável face às suas experiências atuais. Então eu diria para que ela escolha o amor, mas, o amor por ela mesma.


14-Por que, tanta gente insiste em arrastar um relacionamento ruim adiante?
Sam, na verdade, nenhum vínculo amoroso prolongado traz só sofrimento. Mesmo que tenham tido boas razões para terminar, teve também, em algum momento fonte de prazer e alegrias. E também há de se levar em consideração a insegurança e a crença de não se merecer um relacionamento sadio.


15- O que é inteligência emocional?
É a capacidade que um ser humano tem de conhecer as próprias emoções, gerir essas emoções, motivar a si próprio, reconhecer as emoções dos outros, gerir relacionamentos. Talvez essa pessoa pode não ter altas habilidade em todas essas pontuações, mas isso não a impede de excitar-las.

16-O que leva uma pessoa a mover céus e terras para sustentar um triângulo amoroso?
Olha Sam, quando o relacionamento é alimentado por idealizações, é difícil que o casal perceba que o relacionamento é formado por seres imperfeitos, falíveis,etc. Exige também que a pessoa entenda, que não existe o encaixe perfeito entre duas pessoas. Não existe essa de metade da laranja, com isso se faz limonada, mas com duas pessoas inteiras é que se faz um casal. E uma mudança de parceiro poderá preencher algumas lacunas, mas sempre deixará outra descoberta. E muitos se acostumam com o parceiro de longa data, com a vida que leva, com a companhia, e existem ganhos em ambos os relacionamentos. É como se cada parceiro preenchesse uma lacuna descoberta. Há também uma baixa tolerância à frustração, inseguranças, baixa autoestima, necessidade de se sentir admirado, desejado, enfim, há um leque de motivos.


17-Meu reino por um cavalo? Ou meu cavalo por um reino?
Depende. Depende da importância do Reino e do cavalo. Para o Rei Ricardo III (de onde surgiu este termo) um cavalo naquele momento salvaria a sua vida.


18-Existe amor que merece que você cruze o oceano por ele e existe o que não merece que você molhe um dedo por ele... Concorda ou discorda?
Concordo. Acredito que se não há reciprocidade, é hora de reavaliar se esse amor nos faz bem. Se não faz, deixe partir. Mas, se faz bem, e é reciproco, ah, mova os céus, a terra, o oceano, se molhe inteiro, e seja feliz!


19-Por que você decidiu se tornar uma psicóloga?
Quando criança pensei em ser freira. E por consequência, achei que estudaria teologia e filosofia. Depois fui crescendo, a ideia de ser religiosa esfriou, e então comecei a me interessar por esta profissão. Na verdade, acho que a psicologia que me escolheu.


20-Quais são os principais benefícios, e contentamentos no seu trabalho?
É poder de alguma forma, contribuir para que o indivíduo desenvolva mudança e fortalecimento de seu eu. Na verdade o que fazemos é auxilia-lo, por que todos nós temos essa capacidade, às vezes o que nos falta é somente uma mão que segure a nossa. Que nos escute sem julgamento, e nos auxilie a entender nosso mundo interno. E quando isso acontece, é muito gratificante.

21- Quais são seus planos para 2017?
Nossa, tenho alguns.
Dentre eles é continuar a estudar e visitar minha família em Rondônia.


22- Na sua apreciação, crê que a Eutanásia é uma morte honrada?
Não me cabe julgar. Eu como cristã, não me considero apta a decidir quando e como uma pessoa vai morrer. Mas, por outro lado, existe o desejo do paciente, que deve ser respeitado. Tema polêmico este.


23-“A primeira impressão é a que fica”, você concorda com essa frase?
Eu acredito que toda impressão que temos do outro, tem muito de nós mesmos. E é o que normalmente nosso inconsciente faz, que é projetar. E infelizmente se a pessoa não tiver outro contato, muitas vezes é a que vai ficar.
Mas, por outro lado, já vi muitos casos de pessoas, que não obtiveram uma boa impressão num primeiro momento, e que depois se viram com muita afinidade ( já me aconteceu).

24- Aperto de mão deve ser firme?
Um olhar firme também demonstra confiança?
Sim, claro.


25- Uma boa pegada é aquela que domina, não deixa espaço para ter outro pensamento?
Uma boa pegada é aquela que se pega porque o outro permite, e se sente livre para mudar, pensar. Nada mais brochante (em todos os sentidos), do que algo o que não te deixa livre.


26- Como uma mulher conhece o caráter de um homem? Pelas roupas que veste, pelo círculo social dele, ou me diga com quem andas que te direi quem és?
Um pouco de cada um.

27- Um sorriso no estilo Mona Lisa, é um sorriso que não diz nada?
Todo sorriso, todo olhar, todo gesto, toda palavra, todo silêncio, diz muito.
Sempre estamos nos comunicando. Como disse S. Freud: “Nenhum ser humano é capaz de esconder um segredo, se a boca cala, falam as pontas dos dedos".

28- Qual é o seu grande sonho não realizado?
Tenho vários. Mas, o mais importante, é o sonho de ser mãe.
Mas este está bem perto de se tornar realidade. : )


29- Você diria que o feminismo é o oposto do machismo?
Não acredito que seja o oposto.

30- O que você considera necessário para escrever poesia?
Sentimento! Se há sentimento, há verdade.


31- O que a literatura representa para você?
Literatura é uma forma de arte. E toda arte é uma forma de terapia. Literatura pra mim representa conhecimento, exercício do pensar. Uma pena que em muitas escolas, já não se estuda mais a literatura.


32- Que o que importa não é quem eu sou ou o que digo ser; mas aquilo que eu faço?
Com certeza. Nossas palavras precisam condizer com nossas ações.

33- Marta eu observo! Que muitos escritores se apegam aos seus escritos e não querem cortar nem uma vírgula, nem que essa vírgula seja completamente desnecessária. Você concorda comigo que escrever é a arte de cortar. Sim Sam, é a arte de cortar. Acredito que precisamos estar abertos a podar aquilo que não fará diferença.


34- Se pudesse destacar uma obra sua em especial qual seria? Por quê?
Destacaria: "Soneto para a mamãe”.... este escrevi quando ainda estava de luto pela morte precoce de minha mãe. Nele, realmente desabafei.

36- Qual foi à pergunta mais interessante e mais difícil que alguém já te fez?
Todas feitas por uma criança: "Porque minha mãe não me ama, se eu a amo?”
Fiquei sem saber o que responder no momento.


37- Antigamente, para as mulheres só existia uma única saída: casar e ter filhos.
Mas, como ficavam as mulheres que não desejam esse futuro?
Verdade Sam, antigamente esse era o único futuro visto para as mulheres, casar, procriar, cuidar da casa, do marido, dos filhos. Como se o papel que a mulher tivesse capacidade de desempenhar, era o de mãe e esposa. Ainda hoje as mulheres sofrem preconceitos, quando relatam o desejo de não se casarem e de não terem filhos, são cobradas por isso, como se elas estivessem renegando a própria natureza. Hoje, com o tão famoso empoderamento feminino, as mulheres estão tendo mais voz. E entendendo que elas podem ser mãe, esposa, mulher, profissional ou só profissional caso queiram. Acredito que hoje, se sintam mais livres para decidirem que rumo tomar, e que naquela época existia uma sensação de não ter as rédeas da própria vida. Mas, ainda há muito para nós conquistarmos.


39 - Que conselhos você daria para quem sonha em ter a literatura como profissão?
Não desanime. Se aperfeiçoe sempre. Utilize círculos profissionais, divulgue sempre seu trabalho. Se há foco, uma hora se realizará.

40- Um pedido clássico do Cara a Cara...
Faça sua leitura nessa imagem!

"Eu só quero que esta dor aqui dentro passe".

Música de fundo
Aquarela, do Toquinho.
Suas considerações finais.

Sam, fiquei muito surpresa, porém, feliz com o convite.
Espero ter conseguido responder a altura,
e obrigada pelo teu carinho e profissionalismo.

Doutora Marta.
Fiquei muito feliz em tê-la no nosso CARA A CARA COM SAM!
E eu quero deixar patenteado aqui toda a minha impressão,
acatamento e agradecimento por ter tido a oportunidade de entrevista-la. 
Foi uma honra essa concretização.

Abraços Hollywoodianos!!!
Até a próxima entrevista!

SAM MORENO

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e das Poesias.

Join Casa dos Poetas e das Poesias

Comentários

  • Adm

    Ahhh, esqueci, Marta, você é vizinha de Zeca?

  • Adm

    Oi Marta, hoje vi deixar meu registro aqui na tua entrevista, antes de ontem a li, hoje vim olhar as fotos, gostei de conhecer um pouquinho de ti.

    Gostei das tuas respostas diante das questões propostas pelo Sam. Eu gostei de ver a foto do lugar onde nasceste, tenho um irmão que morava em Boa Vista e, retornou ao Pará na data de ontem. Jaru - palavra indígena que acho linda.

    Desejo-te tudo de bom Marta, que o teu sonho tão desejado se torne, logo, realidade.

    Abraços querida e felicidades.

    •   Obrigada Edith. Que bom que tem teu irmão agora perto de você.  Amém, espero também que meu sonho se realize. Sim, eu e o Zeka somos vizinhos de cidade. Ele mora em Florianópolis e eu em Porto Belo-SC.

      Abraços.

  • Parabéns querida Marta pela bela entrevista.

    Profissionalidade não lhe faltou.

    É uma excelente psicóloga.

    Grande abraço.

    Beijossss

    • Márcia, obrigada . Você é uma pessoa muito especial pra mim. Abraços.

  • Marta PPM = Psicóloga Poeta e Menina de Rondonia que veio fazer ainda mais florido estas Terras do Sul - onde somos viZinhos...

    .

    Perdoe só deixar o Registro de minha passagem neste teu Divã - sempre aberto aos Membros desta Casa de Poetas...

    Você se mostrou transparente - como imaginamos mesmo - deva ser uma Psicóloga... - E por que não a Poeta - ainda

    que expressando inspirações que advindas de profundezas da Alma onde permeiam tantos sentimentos maravilhosos

    que tem vida própria (como bem dissestes - frutos dos tantos EU's que somos cada Eu!

    .

    AMEI AMEI AMEI tua Entrevista - como sempre merecedora das Premiações Hollywoodianas - ao Produtor e Diretor SAM e à Atriz e Roteiro feito Poesia da Mesma  que é Tu e Ti Menina Poeta!!!

    NOSSOS APLAUSOS - gaDs

    • Oi Zeka , obrigada Vizinho. Abraços.

  • Adm

    Marta querida, peço desculpas pela demora em vir ler tua encantadora entrevista. 

    Nela pude confirmar o que já sabia, das poucas conversas que tivemos, a grande pessoa 

    que você é, a profissional incrível que não ve hora nem local para nos ajudar com suas palavras

    gentis e que nos elevam a alma... 

    A entrevista ficou linda com perguntas bem elaboradas e respostas inteligentes.

    Gostei muito de conhecer mais um pouco de seu mundo e as pessoas que te rodeiam.

    Minha admiração e respeito pela grande poetisa, profissional e amiga.

    Parabéns aos dois, Marta e Sam, por nos proporcionar momentos de puro deleite

    através desta entrevista maravilhosa.

    Música perfeita... somos todos folhas em branco...

    • Oi Angélica, obrigada pelo carinho. Um abraço!
  • Muito bom ler as entrevistas, Sam: um modo de nos aproximarmos dos poetas que já admiramos! 

    Muito bom ler a sua entrevista, Marta: uma confirmação da delicadeza que já conhecemos da sua poesia! Poeta e psicóloga, duas funções, duas vocações que explicam a humanidade generosa que se pode perceber em você por meio das suas palavras!

    Parabéns para vocês dois!

This reply was deleted.
CPP