> MENA AZEVEDO LEITE CARA A CARA COM SAM<

SAM MORENO
MENA AZEVEDO LEITE

Ladies and gentlemen Mena Azevedo Leite!

Antes de tudo gostaria de agradecer a escritora pela disposição
E pelo desprendimento em conceder a entrevista.

Agradeço-lhe por ter sido escolhida por você para esta Entrevista.
Confesso-lhe que me sinto lisonjeada e muito feliz por essa oportunidade.

1- Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor.
Eu sou uma mulher casada, mãe de três filhos (todos homens) também casados, tenho duas netas: Fernanda e Analu, meus mais novos amores. Sempre batalhei pelo que queria.

Licenciada em Letras com pós-graduações, lecionei Língua Portuguesa e Literatura por muitos anos. Gosto de ler e escrever desde a adolescência. Tenho dois livros publicados.

Um livro de cunho pedagógico, intitulado "Pelos Vieses da Educação" e um livro de poesias com o título "Poesia em Alquimia". Alem de poesias, escrevo Crônicas, Contos, Resenhas, Ensaios e Prefácios de livros dos amigos. Pertenço à Academia de Letras e Artes de Brumado, tendo sido sua segunda Presidente. Tenho bons, mas escassos amigos e amigas, porque sou seletiva em minhas amizades, fruto da educação que recebi de meus pais.

Amo minha família e sou Católica praticante.
Exerço o voluntariado na minha Igreja e numa Instituição Beneficente, onde sou a Presidente. Sincera, fiel, sou exigente comigo mesma, por isso sofro com preocupações
e angústias.

2- Digam-nos quais são os maiores erros que as pessoas fazem quando
decidem ter um corpo perfeito através de anabolizantes?
Dir-se-á que os Anabolizantes, hoje em dia, estão em moda. Usados com frequência por um número expressivo de jovens, tornou-se um vício entre eles que desejam um corpo escultural, perfeito e mais forte. Com essa prática, esses usuários dessas drogas incorrem em erros que, muitas vezes, trazem riscos gravíssimos a saúde que podem levá-los à morte. Com essa cultura do corpo torneado, perfeito, musculoso entregam-se ao uso indiscriminado desses anabolizantes que podem trazer várias doenças, como: câncer, infarto, lesões nos tendões, problemas cardiovasculares, dentre outros. Os erros nos quais eles incorrem são a negligência com uma alimentação saudável, descuido com os tendões e articulações que ficam comprometidos, alto consumo de alimentos que aumentam o colesterol, exagero uso dos lipídios e ausência de carboidratos e treinamentos excessivos.


3- Você acidentalmente já viu outras pessoas no ato do sexo?
Já.


4- Como a poetisa avalia a relação da comunicação escrita e falada com a literatura?
É uma relação bastante presente. Avalio como uma relação necessária, já que a linguagem não é uniforme. Passa por variações de acordo com o assunto, com o meio, com a faixa etária. E, nesses casos, há necessidade de uma adequação linguística, seja na fala ou na escrita. E sabe-se que a literatura é uma arte que imita a vida que vem nos mostrar através das obras literárias que os sinais da oralidade estão presentes também na escrita. A fala não tem a obrigatoriedade de ser fiel à escrita. É necessário que a linguagem, tanto na escrita quanto na fala seja clara, precisa, objetiva, facilitando a compreensão.

5- Qual é a diferença fundamental entre fazer poesia e prosa?
A diferença fundamental entre poesia (poemas) e prosa está na estrutura, na forma.
Quando acrescentei poemas entre parêntesis, foi para reforçar que a poesia está também na prosa.É que a poesia se apresenta uma estrutura em versos, muitas vezes rimas, métrica e aprosa é linear. São linhas corridas para formar o texto com seguimentos ou parágrafos.

6- Me defina insanidade e a normalidade?
Você pode clarear um pouco a nossa cabeça sobre isso?
Eu, clarear a cabeça de vocês, mestres pensantes? Mas, vamos lá.
No meu entendimento, insanidade é uma característica da pessoa insensata, que não tem a mente sã. Qualquer ação que não condiz com a normalidade é insensata.
Então, normalidade é a sensatez, é a ação voltada para o que é padrão, o que é normal.

7- Fale sobre uma de suas obras considerada a mais extraordinária?
Oh! Gostaria de citar uma obra extraordinária! Mas não tenho!
Minhas obras são simples. Sou normal.

8- Acha que de repente um determinado título não vai combinar tanto,
não vai caber tão bem no seu poema? 
Sim. Às vezes escrevo um poema já com ´título.
Depois me enveredo por outros caminhos. Mudo o título.

9- O que é inferno astral... O que é repreensão... O que é provações...
O que é estar no paraíso? Puxa! Quatro perguntas numa só?
E ainda diz que é meu amigo, que não apertou nada, Sam?

Todos os anos eu vivo meu Inferno Astral! Diz-se que inferno astral é o periodo de 30 dia dias que antecedem o aniversário de alguém. É tempo de angústias e reflexões sobre a vida, advindo tristezas, até depressão. Repreensão seria a reeducação do comportamento diante de tais crenças, das vaidades humanas, das críticas. Mas através da repreensão, crescemos como pessoa humana que é levada a fazer o que é certo. "Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem". (Provérbios 3. 12). Provações são os momentos por que passamos, incrustados de dores, sentimentos recolhidos, sofrimentos, decepções que podem reverter-se em enriquecimento espiritual, experiência para corrigirmos os nossos erros.
Estar no Paraíso é estar em paz, usufruindo das benesses! Essa deve ser uma paz, não somente consigo, mas com a família, com todas as pessoas com quem convivemos, com o próximo, com o mundo. Estar no Paraíso é, com alegria, saber que perdoamos a quem nos maltratou.

10- Como é o seu processo inventivo?
Você começa com uma intuição, ou você já começa com um tema
que se esquematiza no seu cérebro? 
Um e outro. Muitas vezes surge a intuição, quando você não estava pensando em escrever...
Outras vezes, eu digo a mim mesma: Vou escrever uma poesia sobre isso... Quando ocorre assim escrever é pela necessidade de colocar para fora algum desejo sufocado, alguma indignação...


11- Como você classifica o nível intelectual e conceitual dos escritores brasileiros que atuam no mercado profissional? No meu entendimento, penso que há muitas pessoas escrevendo sobre tudo com baixo nível intelectual, atuando no mercado por questões financeiras. Não obstante que há escritores brasileiros excelentes que devem ser lidos, estudados e analisados por todos nós que gostamos de literatura e escrevemos alguma coisa.


12- Nos fale um pouco do seu feijão-com-arroz, como é um dia na existência da Mena?
Pois não. Inicio meu dia, numa conversa espontânea com Deus. Vou à Academia e depois leio, escrevo, atualizo minha agenda diariamente, dialogo com a família e amigos. Pratico o voluntariado, dedicando parte do meu tempo á Associação Divina Providência de Amparo Social e Cristão, hoje como sua Presidente. Executo outros trabalhos voluntários, através de serviços prestados à comunidade católica a que pertenço.

13- Nos conte sobre seus hobbies, o que gosta de fazer?
Gosto de estudar, viajar, principalmente para o litoral.
Além da Academia, frequento diariamente a Hidroginástica, onde refaço minhas energias. Passo os domingos com amigos em casa ou em fazendas, para respirar um ar livre da poluição.


14- O que você faria se encontrasse o Zeca-Feliz na sua casa assaltando a geladeira?
Rsrsrsrs... Ah! Seria muito legal, fantástico! Zeca é um ser humano formidável, de um humor que nos faz mais alegres e felizes. Dar-lhe-ia as boas-vindas a minha casa e o acolhia com grande alegria, deixando-o à vontade!


15- Se você fosse uma deputada, como fiscalizaria as ações poder executivo?
Meu Deus, as coisas más são feitas tão bem feitas que eu, muito inocente e de uma índole capaz de confiar nas pessoas, seria difícil para eu descobrir o mal feito. Mas, dentro de um senso de responsabilidade que norteia minha vida, procuraria conhecer essas ações, analisá-las e conferir tudo. O certo é exigir transparência e moralidade.


16- Qual é significado da fantasia no universo da alcova de um casal?
A fantasia faz parte do mundo da imaginação. Na alcova de um casal tem um significado relevante que pode mexer com os sentidos e utilizar recursos saudáveis para se tornar a relação amorosa mais atraente.

17- Um texto sensual que se preza deve ter dinâmica entre os personagens?
Devemos explorar todos os cinco sentidos ao narrar uma cena voluptuosa?
Essencialmente, não. Um texto sensual pode trazer essas sensações táteis, visuais, olfativas e auditivas de forma mais comedida, velada, para, nas entrelinhas, perceber-se o sentido.
Não deixar cair no grotesco, na vulgaridade.

18- Em sua opinião quais dessas atrizes foram a mais perfeita interpretando Cleópatra
no cinema Sophia Loren ou Elizabeth Taylor? 
Sophia Loren!


19- Mulher não trai, mulher se vinga... Qual o fundo de verdade nessa frase?
Em minha opinião há que vingam e há as que traem mesmo. A verdade aí é relativa.


20- Constituir um templo no intuito financeiro de quem colaborar mais tem a salvação maior, é coisa de Deus? Absolutamente não é coisa de Deus. Deus não olha se a oferta é grande, mas olha se ela foi dada com o coração, num gesto sincero de fé e não pensando em troca. A salvação maior não se alcança com doações maiores, mas com a doação da vida, praticando o amor ao próximo, o perdão, a humildade. Lembremo-nos da oferta da viúva, citada no Evangelho de Lucas 21, 1-4: A viúva deixou como oferta uma moeda, tudo que lhe restava de sua pobreza para o seu sustento.

21- O que é a vida? O que é a morte?
A vida é uma dádiva de Deus! É o fundamento maior de toda a criação.
É formada de uma parte material e outra imaterial que é o espírito.
A morte é o desvanecer da vida material e o renascer para uma vida espiritual,
que é eterna.

22- Existe algum tabu que você não tenha despedaçado?
Sim. O que penso não é o que faço.
São tabus arraigados na mente, difíceis de serem dissolvidos...

23- Você é do tipo que leva desaforos para casa?
Sim. Mesmo que sofra.

24- Qual o seu calcanhar-de-aquiles?
A minha timidez.

25- Quem precisa mudar o Brasileiro ou o Brasil?
O brasileiro. 

26- Em seu conceito você é uma mulher totalmente prática, liberal, desprovida de convencionalismos? Não. Ainda existem em mim resquícios de uma educação rígida em
que os pais exigiam muito dos filhos e privilegiavam as convenções sociais e as tradições da família.

27- Quais são os fundamentais dilemas das mulheres maduras de hoje?
O envelhecimento e a decisão de se assumirem como maduras. Também, a solidão a que se submetem muitas mulheres após um casamento dissolvido na maturidade; o mercado de trabalho excludente que privilegia as mais jovens; o declínio biológico com a chegada da menopausa. Mas tudo isso depende da filosofia de vida de cada uma.

28- Você concorda que o ambiente de trabalho um lugar comum onde se reúnem atitudes que remetem ao racismo? De uma certa forma, não. Em pleno Século XXI é deprimente
esse tipo de atitude racista.

29- Para manter a chama da paixão acessa é preciso?
Amor que é sentimento duradouro. Cuidado com o outro, entrega, sem restrições.


30- A satisfação sexual existe no resultado ou na entrega?
Na entrega.


31- Os tambores da Mongólia ou os tambores da África?
Tambores da África.


32- Recebeu rejeição de alguma editora?
Não.


33- Qual criatura legendária você gostaria de ser?
Anjo.


34- O que te angustia?
A fome, a prostituição infantil, a velhice desamparada, as filas de doentes nos Hospitais.


35- Uma vontade irreprimível?
Conhecer a Grécia.

36- Um pedido clássico do Cara a Cara...
Faça sua leitura nessa imagem!

A solidão, em mar turbulento, a mão divina que ampara.

Suas considerações finais.

Sam, sinto-me assaz agradecida em responder a essas perguntas tão contundentes, tão importantes, num universo de ideias diversificadas onde tive que refletir para chegar a um consenso entre o que penso e o que faço. Amei as suas perguntas, cujas respostas surgiram do meu entendimento pessoal, sem traços de camuflagem e dissimulação. Afianço-lhe que o meu feedback foi autêntico. Estou muito feliz e muito obrigada por essa oportunidade.

Música favorita:
Tudo o que se quer, na voz de Emílio Santiago.
Escolhida como tema de fundo.

Poetisa Mena.
Acredite gostei muito da forma de como abrangeu
E respondeu todas as perguntas. 
Agradeço e deixo aqui os meus acatamentos!

Abarcamentos Hollywoodianos
E até a próxima entrevista!

SAM MORENO

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Maravilha de Entrevista, onde pude te conhecer um pouco mais querida Mena Azevedo.

    Grandes conhecimentos literários e poéticos estão ao seu redor.

    Perguntas muito bem elaboradas pelo poeta SAM MORENO e bem respondidas sem rodeios por você, que nos encanta com seu poemas e agora com sua intuição feminina, que se diz tímida, mas acho que não é não. Para se te uma vida tão ativa como tens, é culta  e sabe conversar, encantando as pessoas a seu redor.

    Fiquei feliz em ler sua entrevista e conhece-la um pouco mais.

    Parabéns a v e ao SAM

    Felicidade junto aos seus familiares queridos

    Abçs carinhosos e poéticos de Veraiz Souza

  • Fantástica entrevista: nos prende do começo ao fim. Parabéns Mena e SAM por tal espetáculo cultural e dinâmico.
  • Mena Azevedo Leite

    Querida Mena, satisfação imensa em conhecer um pouco mais de você, que maravilhosa entrevista, parabéns! E obrigado Sam pelo belíssimo trabalho, um grande beijo para os dois, MIL.

    (Um Feliz Natal com muita paz e amor)

  • Aplausos Irá, você é de Brumado - BA a minha mãe também era de Brumado - BA, até hoje tenho parentes por ai, meu Avô tinha umas "terras" como eles dizem... Você deve conhecer fica na zona rural, o nome é Salina Velha, Angicos, fica perto de Itaquaraí um pequeno vilarejo. Abraços, paz e Luz!!!

    • BOM DIA!
      Ilario infelizmente só conheço Brumado de passagem. Eu sou de Santo Estêvão. Feliz tb por vc ter um pouco do sangue baiano.
      Beijos e obrigada pelo carinho em ler meus escritos. .
      Feliz dia...
  • Obrigada, querida Irá! Bjs.

  • Aplausos pela grandeza da tua entrevista..

  • Muito obrigada, amiga Anna! bjs.

  • Boa noite
    Encantada com tua entrevista minha amada.
    Parabens
    Beijos no coração
    • Obrigada, Anna! Bjs.

This reply was deleted.
CPP