>ZECA-FELIZ CARA a CARA COM SAM<

ZECA-FELIZ
SAM MORENO

Aproveito a oportunidade, para externar o meu contentamento em ter sua presença no CARA a CARA.
É válido destacar que acompanho a evolução dos seus trabalhos disponibilizados em nossa CPP.
Sua competência é extremada e reconhecida por todos nós!

SAM e demais Almas Amigas desta nossa Casa. Sou eu quem agradece pela oportunidade de tentar mostrar-me ‘nuzinho da silva’ perante todos. E pelo teu modo de nos proporcionar tal oportunidade, sinto que passou a ser um feliz desejo ansiado por cada um dos Poetas e Escritores que aqui compartilham emoções.

Nobre Zeca-Feliz quando existem adequadas intenções, a fim de equilibrar os sentimentos, sempre haverá uma força capaz de estampar a alegria, com a sensação de um novo frescor e entrosamento. E preciso desenvolver uma comunicação interna satisfatoriamente familiar e estritamente transparente, é necessário compartilhar ações e apontar ideias sempre com a participação de todos!

1- Se você pudesse voltar no tempo e escolher outro mundo, você escolheria outro?
Sim – Escolheria outro... Que se chamasse Terra – Que tivesse no tempo os mesmos momentos vivenciados neste mundo – Que eu nascesse com as experiências vivenciadas neste qual um ‘dèjavu’... Mas – repito – que se chamasse Terra...

2- Se considera uma pessoa literata em vários domínios?
SIM - Se por literata se entender quem (d)escreve obras literárias. SIM – Se vários domínios significar uma diversidade ou multilinguagens no (d)escrever as obras. NÃO se os ‘vários domínios’ significar que na realidade “não existem domínios à quem da classe dos “dominados”.

3- Quais as qualidades imprescindíveis que um homem deve ter?
Se entendermos “qualidade” qual o poder hegemônico dominante atual entende = ou seja de “Superior a...” penso que nenhuma seja “imprescindível” ao homem. Se entendermos qualidade imprescindível como ser dotado de propriedades essenciais em nós enquanto humanos, essa qualidade imprescindível imagino que seja o que chamamos de AMOR.

4- Como definir o amor e a paixão?
Defino (sic) amor como algo indefinível. Só sei tentar exprimir o que seja como o sentimento de cultivar o bem desejando que esse bem incorpore também ao Semelhante (humano) e à natureza (tudo que o cerca). Paixão – termo controverso e polêmico – desde Platão – Epiteto – Santo Agostinho et all – sinto como um sentimento (emoção) irracional – logo podendo facilmente se transformar de bem em mal. Julgo oportuno citar que desde há long long time entendo o Amor como sendo algo que é “construído” (ou não) no decorrer de nossas vidas.

5- Qual foi à decisão mais difícil que tomou até hoje?
Foram muitas. Sujeito à falhas de memória cito duas de naturezas diferentes: 1) A de Pedir Demissão da Petrobrás quando era Superintendente na mesma (ordem do contexto social-econômico); 2) A de mudar constantemente a “mimmesmo” – e assim poder dizer “sou um mutante” (ainda está em processo tal decisão).

6- Onde seu intelecto se encaixa, inventividade, persistência, ação, ou confiabilidade?
Quando investido com o intelecto ativo, sinto-me encaixado em todos os parâmetros qualitativos citados. Quando investido do intelecto passivo, sinto-me vestido com a qualidade negativa da ação – do tipo de inércia ou “laissez-faire”.

7- Cantinflas ou Charles Chaplin?
Chaplin.

8- Seu olho enxerga detalhes que a maioria das pessoas não percebe?
Não sinto assim. Ao contrário – é mais frequente sentir não enxergar o que muitos perceberam.
Por isso, procuro pesquisar muito para poder “enxergar melhor”.

9- Devagarzinho ou acelerado o que existe no sentido implícito!
Gosto tanto do implícito que até o rotulo de “implicitamente explícito”.

10- Explane como criar seu próprio kit com ardis para uma noite de amor.
Não sei dos outros. O meu atual é (ou será): Algumas flores;
Uma caixinha de surpresa; um coquetel de perfumes; u’a aliança (anel) ainda que para apenas essa noite de amor.

11- Como você vê o uso de redes sociais, para fins de namoricos virtuais? 
Acho valido. Até já fiz uso (e ou ainda farei). Lembrando a meu ver que um “namoraço real”
– atualmente perpassará por um “namorico virtual”.

12- Quem você tem como espelho? Alguém impulsionou sua carreira fora ou dentro da literatura?
Meu mirror (espelho) é (desde criança) o de sempre.
Se encontra dentro de mim e é quem me impulsiona a exteriorizar o que chamou de “ser literato” no inicio.

13- Qual sua opinião sobre o corno prognosticado?
Pode ser qualquer um (incluindo-me). Basta ser e estar com outrem – seja H ou M (rsrsrs).

14-Zeca é verdade que barata que tem juízo não atravessa o galinheiro?
SIM – Absolutamente SIM... – Tal qual a galinha ajuizada não dorme no covil das raposas.

15- Lendo um conto, ou uma poesia, gostaria de modificar o final? 
MIL VEZES SIM!!! - E fico sempre tentado a isso. Seja um conto – poesia – filme etc..
Sou fã ardoroso e ardenTe do tal de “Happy End” (Final Feliz)!

16- Confia em horóscopo? Confia na quiromancia?
NÃO – Nem mesmo nos de minha própria autoria e quiromancia.

17- Se você fosse a um debate político, qual pergunta faria?
Já fui a muitos. E praticamente em todos os que fui – fiz a mesma pergunta que ora repito:
“Promete cumprir o que Prometeu sob a pena de não o fazendo acontecer o que ocorreu com o mítico Prometeu?”

18- A violência doméstica por parte do marido ou do parceiro pode afetar profundamente os filhos?
SIM. Tenho plena consciência disso. E o remédio para CURAR todos os tipos de violências (incluindo guerras
/ estupros / violentamentos de todos os meios...) mais eficaz e duradouro foi – é e será o AMOR!

19- Você acha que o bissexual, assim como o homossexual, nem sempre é consenso normal?
Construí aos poucos mas resolutamente a revisão de alguns conceitos meus sobre tais temas ainda polêmicos. Mas admito que ainda tenho muito a aprender e apreender sobre essas várias “opções” de sexualidade. No entanto – posso assegurar do que muito mais do que “”aceitar”” – procuro valorizar o Ser diferente – justamente por entender melhor dia a dia que “somos todos desiguais”.

20- Uma coisa que consegue arrancar um sorriso seu?
Um sorriso feito com o olhar de quem amo (filha/o / neto/a / amada...). Nessa “coisa” sorri de imediato até minha alma!

21- Mataria alguém para defender alguém que ama?
Creio que sim.

22- Uma declaração que te deixaria sem reação?
Continua sendo a que já foi: “Te Amo” dita com o olhar no “cara a cara”!

23- Musicas e os Interpretes Preferidos?
1) Let Be (Beatles) 2) O som do silencio 3) My imortal (Evanescence) 4) Zé Ramalho 5)
Zeca Baleiro 6) The Godard Sisters 7) Perhaps Love (Talvez o Amor)

24- Casa que o sol não entra é?
“Onde mora a Dona Doença”!

25- Se você pudesse fazer um pedido pra Deus qual seria?
EGO-istamente confesso ser o que peço Dialogando com Deus: “Senhor... – Daí-me a Fé!”

26- Um pedido clássico do Cara a Cara...
Faça sua leitura nessa imagem!


“Se me sentir nessa imagem o Senhorio...
- Me rio. Me sentindo ser os escravos... - Deploro e choro!”

------------

Suas considerações finais?
Assim como quem me precedeu... E os que me sucederão – Sinto-me um privilegiado, esclarecendo que minhas respostas – nem por mim mesmo – penso que devam ser consideradas – de forma alguma como verdades. Nem mesmo, ouso deixar registrado o que tenho dito e que agora vou desdizer de que: “Sei que nada sei”. Pois se assim o fizesse – me julgaria O Rei.

Obrigado SAM pela inteligente e amorosa entrevista. Que Deus continue o iluminando para continuar entrevistando os demais Poetas e Escritores desta Casa que nos acolhe no Amor, e que fruto dessas entrevistas, possamos de algum modo fazer e ou renovar nosso primordial IM = Inventário Moral, onde a Moral final é simplesmente o “conserte a si mesmo se desejar consertar o mundo”.

ZECA- Por isso, penso que um dos caminhos do gestor é ampliar aptidão e horizonte para estimular a criatividade dos nossos colaboradores da nossa amada CPP.

Parabéns pelas suas respostas, achei extremamente verdadeiro o que passou em sua entrevista. Muito obrigado pela oportunidade de dialogar com você e conhecer mais um pouco a eficácia do seu QI!
Foi um prazer!

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Obrigada Zeca Feliz, por deixar esse pedaço de você para o mundo vivência a grande diversidade de assuntos que em suas resposta revelam o real sentimento que constrói a paz ao próximo. Amei sua entrevista com SAN MORENO Parabéns!

  • Maravilhoso Bravo Beleza pura
  • Oi Sam, esta eu tinha lido quando você publicou,mas reli para relembrar alguns itens do carismático poeta!Abraços aos dois!Geniais!!!

  • Uma agradável entrevista!Muito bem conduzida e que nos faz conhecer muito do entrevistado!Parabéns a Ambos!!!

  • Momento bom estar aqui com o Zeca e vc Sam. A entrevista é um aprendizado e uma alegria. Abraços poéticos a vocês.

  • Zeca, menino danado, gostei demais da entrevista. Você é sensacional, poeta! Sam, obrigada por esse momento lúdico e cultural. Zeca Feliz que faz feliz.

  • Para perguntas inteligentes, respostas inteligentes!

    Amei essa entrevista! Zeca é mesmo esse cara feliz, que encanta

    a todos nós aqui nessa Casa, com seu espírito lúdico, sua cultura,

    seu saber... Desculpe a demora! Bjs.

  • O Zeca é sensacional. Gostei da resposta da questão 6 rsrs. Parabéns, Sam, pelas perguntas! Grande e memorável entrevista! Abraços
  • This reply was deleted.
    • Adm

      Ele achou seu comentário muito bom e por isto quis traduzi-lo para que outros que não falam Português, possam ler, Márcio.

  • La calidad, el sabor y la expresión de la inteligencia son aquí puestos... ZECA, Zeca muchacho feliz, Zeca... Leer la entrevista de varias veces (no una exageración) y cada vez me fascinaba tanto por las preguntas y las respuestas! Alabanza Sam se está convirtiendo en lugar común para mí, lo admiro en verso y en prosa. ZECA está resultando una sorpresa, una sorpresa agradable! La cultura reside en ti, mi noble poeta. Una cultura diversa. Viajar en diversas áreas. Admirable no seas arrogante, al contrario, es la traducción de sencillez, humildad... Estoy a gusto, cómodo por cierto, hablando de ti, porque cuando llegué a la casa, abrió la puerta y usted me acogió generosamente, en el momento que estaba sin hogar. Bien, eres una corriente y ajustado al hombre de hoy, me doy cuenta de que sus puntos de vista ven el frente, en la entrevista. ¡ Oh! ¿Tienes muy buen gusto en literatura y música, Evanescense? Mi inmortal! (más)! Encantado de conocerlo un poco más, para mí, en mi humilde opinión, tú eres uno de los pilares de la casa! Un fuerte abrazo a ambos poetas metálicos!
This reply was deleted.
CPP