Respostas

    • Lindo poema Norma, gostei muito

      Parabéns pela inspiração.

      Abraços ´poéticos de Veraiz Souza

    • Obrigada querida poetisa

    • Obrigada querida poetisa

  • Como  as folhas que caem a vida também se vai

     

    Penso aqui também em plenitude

    Na natureza, ciclos, na finitude

    Na florada e toda renovação

    Em suas fases e da vida em ação

    O sol passa bem paciente

    Vem e vai, tão belo poente

     

    O outono traz um frescor

    Levando as folhas e o olores

    Nas noites frescas a beleza

    Do luar em sua singeleza

    Compondo tão bela magia

    Descrita somente na poesia

     

    Assim passa a minha vida

    A cada dia estou mais absorvida

    A cada outono mais envelhecida

    Como a natureza em despedida

    Marcando passo para finitude

    Mas vivendo toda a completude

    (Norma Aparecida Silveira de Moraes)

    05/05/2018

This reply was deleted.
CPP