Sonho Lúcido (Parte 3 de 3) Final

O tempo passara e compreendi qual era minha missão, era simplesmente ser um dos mensageiros desta boa nova. Noite após noite, durante quase dez anos, participei de assembleias durante o sono, onde diversas figuras conhecidas apresentavam suas ideias e planejamentos, que se efetivados transformariam todo sistema mundial, resultando em um mundo mais justo e igualitário. A tão sonhada meritocracia iria se projetar da dimensão moral para a material, trazendo novas perspectivas àqueles que buscam o progresso neste planeta.

Pude ver a articulação de um comitê que por si só seria capaz de retomar as lideranças em todos aspectos na Terra: educacional, ambiental, econômico, social e político. Em meados de 2017 um grupo de líderes morais e intelectuais arquiteta um planejamento de ações para que o desastre previsto para o século XXII não ocorra.

Este grupo estaria, até o final deste século, em vias de retornar ao nosso mundo, sob novas personalidades ainda mais preparadas, para o êxito do plano estruturado.

Entre eles está Nikola Tesla, denominado como o líder da ciência, tecnologia e sustentabilidade.

[…]

— Barulho suave e indescritível —

— Quem me perturba a esta hora da madrugada?

É o Nikola. E se você compreendesse o tempo como eu, não estaria a reclamar.

— Ops, me desculpe. É que você sempre me assusta com essa chegada cheia de efeitos especiais. Qual a pauta aventura de hoje?

Estou finalizando nossas diretrizes. Tenho que admitir, este grupo que articulado é bem crítico! Mas tem tudo para dar certo este plano, estão todos engajados.

Eu sempre faço breves incursões à outra dimensão no decorrer do sono, mas tudo que lembro quando acordo são flashs desconexos. Porque nesse mecanismo de emancipação as informações não são transcritas fielmente em meu cérebro consciente?

Essas porcarias que você ingere e esse álcool danificam suas sinapses, é como se seu cérebro fosse um simples walkie-talkie querendo receber imagens 4k, áudio digital e uma avalanche de dados complexos.

— De novo sugestionando o que devo ou não comer? Já não falamos sobre estas questões de influenciar meu livre-arbítrio que me tiram do sério?

Vou sempre alertar, no futuro irá me agradecer. Seja mais comedido. Independente da evolução atual do cérebro, você não seria capaz de captar lucidamente todo o volume de informações recebido. Já que permanecemos “fora do tempo”, é como se seu cérebro fosse um pen drive e as informações contatadas algo como… os bits que todos os servidores do Google.

— Estou pronto. (Enquanto nos comunicávamos via pensamento me desconectei usando uma técnica de meditação guiada).

Você está ficando rápido nisso! Falei que as repetições teriam resultados positivos…

— Além da prática, tenho visto várias técnicas de meditação no youtube! Além de ter visto a trilogia matrix, inception e estar acompanhando sense8.

Hum, tenho que admitir que leituras, videogames e essas séries ajudam mesmo a amplificar sua cognição, com mais material criativo para as horas necessárias.

Serei pouco apto em narrar de forma precisa o que veio a seguir, embora sonhadores lúcidos compreenderão algumas sensações: um torpor generalizado quase um coma, seguido de um salto na velocidade da luz rumo ao destino, um ponto capaz de nos imantar, uma dimensão ou frequência onde podemos nos manifestar livremente. Um cena que remeteria a Westworld mas não precisamos de um trem para chegar “lá”…

Era um anfiteatro. Sua arquitetura externa fazia jus ao estilo Niemeyer e os detalhes internos, com cores vibrantes e obras de grandes artistas que passaram pela Terra: Van Gogh, Rembrandt, Michelangelo, Da Vinci, Portinari, eram realmente muitos! Me aguçou a curiosidade a tela Tempestade no Mar da Galileia, de Rembrandt, que fazia jus às aguas turbulentas nas quais estes guerreiros ousariam navegar, no intuito de combater o sistema atual e transformá-lo.

Tempestade no Mar da Galileia (1633)

De fato o local estava preparado para qualquer brainstorming, principalmente este decisivo, pela vida do planeta.

Era uma das reuniões do Conselho da Ciência, de um total de 10 conselhos que permaneciam em um trabalho árduo e contínuo, nos preparativos que antecederiam sua chegada e seus esforços pela evolução da humanidade. Cada conselho ainda se subdividia em vários comitês, no caso da ciência lideravam respectivamente: Charles Darwin (Evolução), Carl Sagan (Astronomia) e tantos outros nomes como Michael Faraday, Johannes Kepler, Marie Curie, Rosalind Franklin…

Eu assistia, atento e empolgado, ao workshop mais sonhado de um cientista. Claro, sem entender bulhufas das especificidades discutidas, mas tendo a certeza de esse planejamento iria modificar o mundo em todos aspectos de forma benéfica.

Foram discutidas melhorias no sistema educacional, que é a chave do progresso. Vi protótipos de novos veículos para transportes que “levitam” em uma malha de supercondutores, levando os usuários ao destino com rapidez, praticidade e principalmente, segurança extrema. Telas e mais telas com cálculos, estruturas novas de DNA que combateriam as doenças mais graves já na programação do nascimento de cada indivíduo.

Ao final de todas apresentações de tirar o fôlego, Tesla proferiu seu discurso de encerramento, entoando uma dose extra de incentivo a todos idealizadores deste projeto que mudará o destino da humanidade:

Prezados(as), nosso plano está em vias de se tornar realidade Cada um em seu papel, todos importantes para o contexto geral, serão capazes de transformar a condição infeliz que impera hoje na dimensão material. Os conselhos da Ciência, Moral e Justiça nortearão os demais e propiciarão uma nova esperança aos que neste planeta vivem. Enfim será eliminado o véu de ignorância, imposto pelos que insistem no equívoco do ego e do poder, e potencializaremos o número de seres conscientes de nossa responsabilidade, não só pela Terra, mas pelo progresso e manutenção do Universo.

7 de junho de 2017

Nota do autor: Parece que alguns destes seres já se encontram em solo terreno, alimentando sua curiosidade pelo desconhecido. Com certeza Jack é um deles, e o Neil… o Neil dispensa comentários não é mesmo?

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Julliano Guerrero, você realmente é um escritor de mão cheia, como diriam meus pais!!!

    Lembrei-me de uma série "Escolha sua aventura" que eu simplesmente devorava e ainda tenho alguns

    (a procura dos outros para completar minha coleção) ... seu estilo é muito semelhante!!!

    Parabéns!!! Aplaudo de pé sua criatividade!!!

    • Obrigado pelo carinho e por esta recomendação que parece ser maravilhosa! Não conhecia este "Escolha sua Aventura"! Onde encontro pra comprar e/ou baixar? Beijos poetisa ;)
This reply was deleted.
CPP