A Concha

                  

      Somente tu

      viste uma concha,

      baú de pedras

     nacaradas.

  

  Somente tu

  viste uma concha

  guardando pérolas

  preciosas.

  

 Somente tu

 viste uma concha

 de silhueta encarnada

 sem rosa, sem nada.

 

 Mas mente,

 –– somente quem diz,

ver a nudez bela,

da mulher e das rosas!

 

    Elzana Mattos

**********

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gostei muito Elzana! Diz muito em poucas palavras. Parabéns! 

  • Lindo texto Poetisa Elzana Mattos. Simplesmente Brilhante. Abraços.

  • Maravilhoso!!! Parabens!!!!
  • Parabéns, poetisa, poema lindo, maravilhoso, adorei... Abraços, paz e Luz!!!

  • Parabéns, Elzana. Abraços.
  • Lindo e delicado poema Elzana Mattos.

    Parabéns e abraços de Veraiz Souza

This reply was deleted.
CPP