Choro

Choro

chôro de rua vazia,

imploro sua companhia,

seu abraço,

seu perdão.

 

Choro

chôro de chuva caindo,

de gente partindo

pelo cansaço da solidão.

 

Choro

chôro de mágoa, doendo,

baixinho,

sofrendo,

nos braços da poesia.

 Choro,

chôro de chegada,

de camisa suada,

na luta desesperada

de cada dia.

 

Choro,

chôro de flor despencando

no jardim desanimado

sem cor,

choro choro de mãos se encontrando,

rosto iluminado de amor.

Ivone Boechat

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores Adm

    Lindo e sintonizado com a imagem.

    Parabéns, Ivone.

    • Obrigada!

  • Gestores

    Nossa... Menina Poeta Ivone Boechat...

    Teu "Choro" se uniu com o meu

    E choraram juntos!

    .

    NOSSAS REVERÊNCIAS E MILS APLAUSOS! - gaDs

  • Gestores

  • Um poema que transborda sensibilidade, "gente partindo pelo cansaço da solidão" magistral! Parabéns Ivone.

    Bjs!

    • Obrigada!

  • Gestores

    • Quero agradecer pelo incentivo!

This reply was deleted.
CPP