DE VOLTA PARA O LAR

A Fenix das cinzas vai nascer

E seus filhos vai então buscar

Protegidos pela luz vão estar

Pelo Ovo Cósmico do poder

 

Crianças em grande padecer

Tirados da mãe, estão a chorar

Esperam a hora de se encontrar

Neste grande amor se acolher

 

Homem tem coração de pedra

Tirando filhos do seu ninho

 Gritam pela mãe, por carinho

 

A esperança nunca se quebra

Crianças querem seus bercinhos

Com a mãe seguir seu caminho

(Norma Aparecida Silveira de Moraes)

30/06/2018

 

 

 

 

 

 

 

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Seu acervo é maravilhoso, passei bons momentos admirando a beleza da sua inspiração.

  • Gestores Adm

    Cada poeta é único. Linda inspiração, Norma.

    Parabéns!

  • Obrigada poetisa

  • Lindo e sentimental poema Norma Aparecida.
    Nessa nossa existência passamos por percalços que ás vezes nem nos pertencem
    Mas a vida faz com que entregamo-nos ao sofrimento alheio e assim soframos juntos>
    Quando se fala de criança então, é muito doloroso.
    Parabéns pela inspiração. Muito bom seu poema.

    Abraços de Veraiz Souza

This reply was deleted.
CPP