Fonte de Vida

Admirável na sua fluidez

Pela natureza a ti atribuída

Escoa no leito rochoso e íngreme

Na terra já tão condoída...

 

Entre cascalhos e rochas

Vens com pureza altaneira

És fonte de vida dos nômades

E das populações pantaneiras

  

Lá do céu,vê-se sua coloração azul

Nas marés ou placidamente adormecida

Recobre nosso imenso planeta de Norte a Sul

Purifica o corpo e como benção batiza a Vida!

Lilian Ferraz - 07 /02/2017

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Belíssimo amiga Lilian, parabéns querida, beijinho.

    • Oi Cristina!Obrigada pela atenção e carinho da visita.bjs

  • Excelente Lilian, meus parabéns :)

    • Obrigada poeta!Abraços

  • Se nos reeducarmos no uso e preservação da água estaremos contribuindo para a nossa vida e para a manutenção da posteridade.

    • Valeu poeta! Sensatez e sensibilidade tudo a ver.Boa noite

    • Nossa! Ficou Show!!! Abraços

    • Obrigada!Um grande Abraço

This reply was deleted.
CPP