Marielle Franco

 

Mulher negra e guerreira

Mulher ativista e mensageira

Mulher de muitas vozes

Mulher de muitas vezes

Socióloga, feminista, antagonista

Cria da maré assim se apresentava

Mostrava e lutava pela verdade

Acreditava nos direitos humanos

Que um dia alguém ousou apagar

Apagaram a mulher militante

Que como muitas atreveu-se a lutar

Assassinaram a pessoa física

Executaram a mulher política

Até onde suportaremos ...

... Silêncio, tristeza, dor

Um pedido de socorro

Onde todas nós gritamos

Um assassinato ocorreu

Um crime à sociedade aconteceu

Tentaram a sua voz neutralizar

Mistura de raça, mistura de cores

Marielle Franco, este é o seu nome

E os malfeitores não irão nos calar.

 

Luciana Mara Drumond

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP