NO ÉDEN

 

NO ÉDEN

Tu me destes de comer todas as frutas

As ácidas, as doces, as amargas, as suculentas

E me ordenastes  apenas uma sentença

"Daquela que está no meio do jardim não comerás."

Só olharás  com os olhos e lamberás com a testa...

 

Eu que andava desnudo, sem pudor pelo jardim,

E que brincava inocente com os querubins

E ainda não me sabia pelado, nem experimentava as cores do pecado...

Minha pele era a tela em branco em tons de inocência,

Sur tons de pureza e castidade à luz do sol...

 

Mas de minha costela fizestes Eva e a destes-me por minha companheira

E ela me ofereceu o fruto do meio, e eu comi a fruta sem receio

E descobri o bem e a maldade, e me envergonhei de minha vaidade

E vi meu corpo nu, tão descoberto, e o gosto daquela fruta nos lábios quentes

Mostrou-me o sabor do errado e o certo, tirou-me o paraíso, deu-me o deserto.

 

Quando eu sinto saudades lá de casa, rasgo humildemente as minhas vestes

Cubro de cinzas meu orgulho e vaidade, peço perdão por minha insanidade

Por não ter resistido ao fruto do meio, e ter ferrado toda humanidade

Por eu ter me rendido ao segundo sexo, e ter me lambusado por inteiro...

 

By Nina Costa, in 03/03/2018

Mimoso do Sul, Espírito Santo, Brasil

 

      *****

N.A.: O Segundo sexo, mensionado no texto, é referência ao livro de Simone de Beauvoir.

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores

    • Obrigada, Marso!

      Ficou ótima a formatação!

      Beijos mil!

      Nina

  • Eu realmente aprecio textos, em verso ou prosa, que destacam aspectos  místicos! Esse episódio, por exemplo, é muito simbólico, e os seus versos, Nina, ainda o carregaram de mais simbologias - bem como a poesia gosta! 

    • kkk... Joguei uma pitadinha de malícia sobre o corpo nu de Adão. Ele pode ter sofrido as penas, mas gostou de provar o fruto do meio, de Eva.

  • Gestores

    Simplesmente fenomenal!! Parabéns!

    • Obrigada, Anjo!

      Beijos!

      Nina

  • Gestores Adm

    E olha só que maravilha de interpretação que deste a esta imagem.

    Me sentir lendo no estilo antigo os poemas líricos que tanto nos encantam.

    Reverências, Nina.

    • kkk....

      Obrigada, amiga!  Demorei para me insPIRAR, Esse poposão branco pede um solzinho... KKK

      BEIJÃO!

      Nina

  • Gestores

    • Obrigada, amiga!

      A recíproca é altamente verdadeira.

      Beijos!

      Nina

This reply was deleted.
CPP