Toque de silêncio
Abrem-se as cortinas
A música suave eleva  a alma
Vemos um quadro vivo , onde...
Como aves,  meninos guardam seu tesouro
Sem se importarem com o frio
A chuva e o que está por vir
O quadro da vida ...nada a temer, são fortes
Esperam o dia, imóveis...
Não precisam falar, o toque diz tudo
No silêncio está o verdadeiro amor
Querer, sentir,  guardar, proteger compreender
Grandeza e sabedoria  de quem vê e admira
A beleza da vida, no esplendor do nascer
Que é que guardam, nesse quadro da vida?
Cada um sentiu o seu querer
Cada um vivenciou o seu drama:
Sonhos, esperança, vida, morte, doação, apego, amor
Não necessitaram palavras.
Fecham-se as cortinas. Aplausos...Silêncio
Esvazia-se o teatro. Cada qual com seu peso...ou leveza
A vida não é uma cena.
 
Veraiz Souza - 30/06/2018

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores Adm

    A vida é real e é dura, fria, cruel. Muitas vezes, leio que a vida é bonita, estar vivo é prêmio, mas que beelza há em desgraça após desgraça? Não sei se vejo tudo e preto e branco ou se falta ou se a vida é memso colorida.

    Bela inspiração, Vera.

    Aplausos!

    • Que bom que gostou de meu Ninho....
      Grata pelos aplausos Marsoalex, fico muito feliz.
      Abraços de Veraiz Souza

    • Muito boa essa formatação nesse tema emocionante.

      Parabéns e grata Marsoalex

      Beijão de Veraiz Souza

This reply was deleted.
CPP