Presídio de mim

Recordo tudo com a memória vinculada em mim
Engaveto saudades em prateleiras disponíveis no
passar dos tempos
Faculto à liberdade todas as algemas onde imponho
cada presídio cativo dentro de mim
Deixo pra outros uma parcela de futuro
onde não cabe mais a centelha de tempo passado
enterrado…prematuro

Deixo-me saborear em cada maré
sorvendo a maresia nesta solidão renascida
no invólucro do tempo que ruge
apressadamente renovado…numa reclusão jamais ressarcida

Desbravo cada madrugada a meu jeito… nesse vai
e vem da solidão cavalgando os acordes do destino
que tão aconchegado a mim se acalenta e anestesia

Escuto nos ventos outras badaladas em
cada hora onde vago me embebedo de outras felizes
e irrequietas memórias deixadas na colecção dos
murmúrios virtualmente escritos em cada inescrutável
momento desta mesma história aposentável

Fugi pra sempre e nem endereço nem remetente deixo
Sei somente onde plantar nesta solidão
cada detalhe inesperadamente tatuado na doçura de
um sorrido tão crucial…tão tacitamente frontal

Perpetuamos instantes deixando nossas indumentárias
vaporizar-se até envelhecerem na noite furtiva rasgando
o céu adornado de solidões tamanhas, primitivas
tão intuitivas conspirando por entre sombras
desta vida escapulindo, devagar…devagarinho, coercivas

Frederico de Castro

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Deixo aqui minha visita e muitos aplausos pelo fantástico escrito.

  • Adm

    Foste longe e a poesia te encheu de lirismo em cada verso pensado e caído no papel.

    Parabéns pelo lindo poema, Frederico.

    • Obrigado Edith pela linda mensagem

      Abraço fraterno

      FC

  • Nossa... Menino Frederico!

    ,

    Fiquei extasiado... AbSorvido pelas tuas Palavras em Versos firmes de um Poeta a sós...

    Deixo pra outros uma parcela de futuro
    onde não cabe mais a centelha de tempo passado
    enterrado…prematuro

    (...)

    Nossos Aplausos - Bem Hajas - gaDs

    • Amigo Zeca eu agradeço sempre

      sua visita e gentileza

      Bem hajas

      FC

This reply was deleted.
CPP