AMOR, SEXO COM O OLHAR

AMOR, SEXO COM O OLHAR

Água-viva a me queimar é rebento
De olhos acesos de linfa que escorre
Da fonte lasciva do pensamento:
Psique amando Eros, fechada na torre.

No chão do desejo, ideia é cimento
Na argamassa da forma que concorre
Para assentar na alma um alento
Do sortilégio que no corpo ocorre.

Por isso, o olhar cúmplice que cruzamos,
Mais que apaixonados sem ter porquê,
Fez-me, por inteiro, estar em você.

Por nosso gosto íntimo, misturamos,
Na mesma taça, amor e sexo – vinho
Que dilui tudo num igual carinho.

(E. Rofatto)

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Continuem com seu trabalho que só tem a enriquecer a nossa hierarquia.

  • Poeta, soneto maravilhoso! Amei! Bjs.

  • Lindo demais, Edvaldo!

    Show!

    :)

This reply was deleted.
CPP