FUI EMBORA COM VONTADE DE VOLTAR

Fui embora para a vida adulta

Com vontade de voltar a ser criança

Resgatar tanta coisa no baú da lembrança

Meu sonho não me escuta...

 

Se pudesse voltaria agora

Eu pedia  tanto para crescer

Nunca imaginava o que poderia ser

Vida adulta não tem dia nem tem hora..

 

Tudo é planejado  falta tempo para brincar

Subir em árvore correr livre no quintal

Adulto vive de  rotina -tudo igual

Só pensam em trabalhar ou ficam no celular...

 

 

Ai que vontade eu sinto de voltar

Ao meu tempo feliz de criança

Meu pobre coração até balança

Feito uma rede a se balançar...

 

Fui embora com vontade de volta

Naquela casa cheia de calor

Onde ali reinava o amor

Hoje ninguém sabe amar...

 

Digo daquele amor de verdade

Sem tecnologia sobrava tempo para se falar

A noitinha todos se sentava para brincar

Adulto virava criança sem nenhuma falsidade..

 

Ai se pudesse voltar....

 

                 Autoria- Irá Rodrigues

 

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e das Poesias.

Join Casa dos Poetas e das Poesias

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Adm

    Crescemos por fora e prendemos a criança lá dentro de nós... maravilhoso poema, Irá! Bjs

  • Adm

    Ninguém imagina como algumas coisas na vida adulta é bem complicada. Parabéns Irá pela interpretação do tema.

  • oi, Iraci!

    Belo poema!

    Parabéns!

    Beijão.

This reply was deleted.
CPP