Ontem ao luar...

Entre as árvores me deitei

Senti o cheiro da brisa

Levantei os olhos para as estrelas

Adormeci olhando o horizonte

 

Ouvi o canto silencioso da noite

O canto alegre das aves

O dia me fez cansado

Adormeci ao luar

 

Pedi a noite ser minha companheira

Pedi Deus aquela calma preservar

Na claridade da noite esperei o sono e sonhar

Novos horizontes enxergarei antes do envelhecer

 

O sol despertou-me no amanhecer

Dei adeus ao jatobá

Onde descansei meu suor

A saudade me fez lágrima pura

 

José Hilton Rosa

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores Adm

    Parabéns, José Hilton pelo desenvolvimento do tema.

    Lindo seu poema.

  • Parabéns, poeta, poema lindo, primoroso, adorei. Abraços,paz e Luz!!!

    • Olá Ilario! obrigado. Seu elogio me dá muita honra. Abraço

    • Olá Safira! Muito grato pelo trabalho de diagramar. 

This reply was deleted.
CPP