PODE O AMOR VIVER SEM SEXO?

 

Sexo exige posse, entrega, prazer, conjunção

Sacia impulsos, desejos, vontades, tesão

Às vezes tem preço, pode ser  comprado, negociado

 É temporário, fortuito, efêmero, fugaz

É  promíscuo se compartido com mais de um  parceiro

 

Amor exige fidelidade, ternura, cumplicidade

Envolve carinhos, desvelos, emoções

É sentimento sublime que atinge o recôndito da  alma

É  oferenda, é regalo, é doar-se sem restrição

É renitente, teimoso, está presente em todas as ocasiões

 

Se estais acometida de sublime sentimento,

que embala teus sonhos e acode tua alma,

e desejos que incendeiam teu corpo com sofreguidão,

experimentas a magia da conjunção de amor e sexo

E essa união se chama  paixão

 

O amor pode medrar na ausência de sexo

desde que haja cumplicidade sem restrição

e a alma seja meiga e  generosa para abrigar

muita ternura, carinho, desvelo e compreensão.

 

 F.J.TÁVORA

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Sua composição vem da alma e do sentir!

  • Fabuloso!! Parabéns!!
  • Maravilhoso, Francisco! A visível diferença ou cumplicidade entre o amor e o sexo. Aplausos! Bjs

This reply was deleted.
CPP