Minhas Atividade

António Portela posted a blog post
Todos já tivemos dias maus, dias que pareciam não chegar ao fim. já tive, tenho de vez em quando. Mas, ainda que tudo pareça negro demais, esse dia acaba, virá outro, não vale a pena desistir, por um dia ou dois mais cinzentos, outro dia virá.AINDA…
8 de Jun de 2016
Boa tarde a todos. Peço-vos desculpa por esta munha ausênsia, motivos meramente pessoais e profissionais. Espero que me aceitem de volta.
António Portela commented on António Portela's blog post CADERNO VAZIO
"Boa noite Cristina. Tive uns problemazinhos com a minha tenção, mas já estou melhor. Muito obrigado pela sua simpatia. Tenha uma linda noite."
9 de Abr de 2016
António Portela commented on António Portela's blog post CADERNO VAZIO
"Muito obrigado Zeca. Grande abraço."
9 de Abr de 2016
António Portela commented on António Portela's blog post CADERNO VAZIO
"Obrigado Sam. Grande abraço."
9 de Abr de 2016
António Portela commented on António Portela's blog post CADERNO VAZIO
"Obrigado Marsoalex, Linda noite para si."
9 de Abr de 2016
António Portela commented on António Portela's blog post CADERNO VAZIO
"Obrigado Maria Angélica, pela sua simpatia. "
9 de Abr de 2016
António Portela commented on António Portela's blog post CADERNO VAZIO
"Obrigado Nieves. Uma linda noite para si."
9 de Abr de 2016
António Portela commented on António Portela's blog post RECOMEÇO, TODOS OS DIAS
"Boa noite Maria Angélica, é mesmo, um dia de cada vez e com paixão. Uma linda noite para si."
9 de Abr de 2016
António Portela posted a blog post
Comecei a viver hoje, assim, como hei-de começar amanhã, a viver. A cada dia um ressuscitar, um novo aprender, um novo começar, a viver.Nenhum dia é igual, nem quero que o seja. Cada dia traz o seu bem, o seu mal, a sua alegria, a sua tristeza e a c…
9 de Abr de 2016
António Portela commented on Cristina Maria Afonso Ivens Duar's blog post Ali Babá
"Uma ternura este poema, adorei Cristina, uma linda noite para si."
6 de Abr de 2016
António Portela commented on Marsoalex's blog post É NO PASSADO...
"O que ficou reconhecido de um passado pode servir para se reconhecer o presente e por vezes projectar um futuro. Muito bom Marsoalex. Uma linda noite para si."
6 de Abr de 2016
António Portela commented on aecio kauffmann colombo da silva's blog post INQUIETUDE;
"Saudades que chegam bem antes da partida. Gostei Aecio, grande abraço."
6 de Abr de 2016
António Portela commented on Marta Biscoli's blog post Será que me amo?
"Dúvidas que serão satisfeitas quando o verdadeiro "Eu" for encontrado, quando o Ser mais intimo falar mais alto. Gostei Marta Biscoli. Uma linda noite para si."
6 de Abr de 2016
António Portela commented on SAM MORENO's blog post >O ANELO/O FOGO/O MEL<
"Um vôo sem serem precisas asas, sentimentos sem serem precisas mais palavras, bastou a poesia. Grande abraço Sam Moreno, gostei."
6 de Abr de 2016
Boa tarde a todos. Peço desculpa por esta minha ausênsia. A minha vida de trabalho assim mo exigiu. Desejo um lindo dia para todos.
Mais…

Meu Blog

AINDA QUE....

Todos já tivemos dias maus, dias que pareciam não chegar ao fim. já tive, tenho de vez em quando. Mas, ainda que tudo pareça negro demais, esse dia acaba, virá outro, não vale a pena desistir, por um dia ou dois mais cinzentos, outro dia…

Saiba mais…

CADERNO VAZIO

Escrevi,
no meu caderno vazio,
um poema, para ti.

Escrevi,
durante muito tempo.
Relatando, pequenos,
mas importantes momentos,
que…

Saiba mais…

NÃO TE TROUXE FLORES HOJE

Não te trouxe flores hoje.
Vim de mãos vazias,
olhando só as pedras frias,
onde tu já não existes.

Não te trouxe flores hoje.
Mas dou-tas em pensamento,
assim como a todo o momento,
o…

Saiba mais…

COMO PASSAROS SOLTOS

 

"Nunca te escondas entre algo para fugires de tudo.

Voa, como os pássaros soltos voam e vê a vida lá do alto,

do topo das arvores, do alto da mais alta…

Saiba mais…

LEMBRA-TE

LEMBRA-TE

Lembra-te,
de cada vez que teu coração bate. 
Lembra-te, da vida.

Lembra-te,
que o bater do teu coração 
te indica o caminho,
procura-te um destino,
mostra-te…

Saiba mais…

PERDOA

Perdoa,
tudo o que não fiz.

Que me importa,
que te importa,
eu dizer agora,
que tudo posso ainda fazer.

Perdeu-se no tempo,
e seria nesse tempo,
o tempo…

Saiba mais…

SEGUE MEUS LÁBIOS

E no seguimento de poemas de amor, pelas mulheres, por uma mulher. Aqui fica este escrito para oferecer à minha esposa.

Um dia muito feliz assim como têm que ser todos os outros dias , para voçês mulheres, maravilhosos…

Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Dezembro 8


1) Qual seu nome completo?

António José Rebocho Arranhado Portela


2) Sexo?

Masculino


3) Data de nascimento

08/12/1962


4) Local de residência (apenas Cidade / Estado / País)

Costa da Caparica


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

A minha Profissão é a de Técnico de Serralharia Civil. Tenho também um curso em Geriatria, já trabalhei num Lar de Idosos. A minha familia, minha mulher, meu filho, são os meus dois pilares principais, sem eles a casa já tinha ruído. Tudo faço em função de os ver felizes. Depois, tenho a minha Mãe e a minha segunda Mãe(minha sogra), pessoas deveras bastante importantes na minha vida. Meu Pai e meu segundo Pai (meu sogro) já cá não estão infelizmente. Tenho também como minha familia os meus bichinhos, meus gtrês gatos e a minha cadelinha, uns amigos e uns professores, no que à amizade diz respeito, fantásticos. Como experiências, as que mais me marcaram e ainda marcam, são as de voluntário no campo dos sem-abrigos, e o trabalho que tive o prazer de ter no lar de idosos, experiências que me formaram ainda mais como Ser-humano, e ainda mais como ser revoltado que sou no que diz respeito às injustiças. O meu percurso literário vem desde que me conheço. Sempre gostei de escrever, no principio nos contos, depois mais tarde, a poesia. Tenho três livros editados, edições que começaram em 2013, foi só quando ganhei coragem e obtive auto-estima suficiente para arriscar o envio de um trabalho meu para uma Editora. sou simples, gosto de tudo o que é simples. Sou emotivo, muito emotivo, dou comigo a chorar fácilmente. Conheço-me bem, gosto de mim, nem sempre gostei, hoje gosto, e acho muito importante para que possa mais fácilmente gostar dos outros. E, pronto, este sou eu, amante incondicional de poesia, de contos, de imaginar, de viver nos sonhos e para os sonhos.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Quem me convidou ou indicou, foi a Snrª ou menina, Edith Lobato.


8) Concorda que as poesias eróticas (caso as poste), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Concordo. A Arte e a cultura têm muitas ramificações, se as juntamos e baralhamos todas, deixa de ser Arte, deixa de ser cultura, deixa de ser percebível.


9) Concorda em interagir conforme possa, com os demais membros participando e interagindo das atividades da Casa?

Concordo. Embora tenha uma vida muito ocupada, arranja-se sempre um pouco de tempo quando existe gosto e vontade.


11) Deixe o Link do Facebook ou Recanto das Letras (caso tenha) *Não coloque o "http"

http://www.facebook.com/antonio.portela.10


12) Publique neste espaço, um ou até dois textos de tua autoria. (não precisam ser extensos)

O MEU ACREDITAR Se acredito em milagres? Talvez não. Mas, acredito em Ti, não foste Tu, um milagre?. Acredito então. Por Ti, acredito, peço, me humilho, me desfaço do orgulho, da vergonha, e parto, sem olhar para trás, por esse Caminho que Traçaste. Pois preciso, dia após dia, desse Milagre. Desse acreditar, sim, está nisso a essência, de todos os milagres, o acreditar. E sigo viagem, sem medo, sentindo, que o que pensava ter chegado já tarde, surgiu ainda tão cedo. Tu me conheces, eu sei. Entraste no meu coração, porque eu deixei e, Jesus, Jesus, nessa hora, quanto eu chorei, de tão derrotado ser, pelas tuas Palavras, vencedor no teu propósito, conhecedor do que estava errado. Mas, não bastou ter chorado, foi preciso ter certeza, a que me guia até hoje. Trazido por tanta pureza. Meu Profeta amigo, quando tudo me dizia que não, levaste-me pelos sonhos cancelados, removeste a pedra, que não me deixava passar. Se acredito em milagres? Acredito sim. Naqueles que qualquer coração tem o dom de conseguir praticar, e que qualquer alma, pode tornar possível. AMIGO Onde estás tu, amigo? Quem poderás ser? Uma folha que cai, um ramo que parte e pede ajuda? O vento que sopra, mas que refresca? Um Sol que aquece, uma terra muda? Uma gota de água, que se perdeu da corrente? Qualquer coisa, que ganhe sentimento, que quem é amigo, sente. Por tudo o que vive e vai. Por tudo o que vive e passa. E continua a ser bonita, a folha quando cai. Continua a ser vidro, aquele que se estilhaça. Continua a ser amigo, quando nada tem, quando nada tenho. Onde estás tu, amigo? Ao teu encontro eu venho. Com um ramo de flores numa mâo. Na outra, uma canção. Melodia que bem conheces. Trazendo-te desde já, neste humilde coração e na esperança, a certeza de que aqui, meu amigo, tu já estivesses. António Portela


Minhas Fotos

CPP