Atividades

Cleidinê Vicente Marques agora é amigo de Ednaldo Florentino dos Santos, Nieves Merino Guerra, Marcia Aparecida Mancebo e mais 1
8 de Ago de 2016
Cleidinê Vicente Marques agora é membro de Casa dos Poetas e da Poesia
4 de Ago de 2016

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Adm

  • Adm

  • Temos um quarto reservado para você. De modo que, a organização dele é por sua conta.

     

    Qualquer dúvida, pode nos procurar que entraremos em contato.

    A casa ainda está sendo arrumada, mas olhe para o centro de sua página, observe as funções: Ultimas atividades, Meu blog, Meus recados, Minhas informações e Minhas fotos.

     

    Para postar você deve clicar na palavra Blog abaixo do título da rede e depois num sinal de + que aparece no seu lado direito. Do mesmo modo fará para postar fotos, clicando na palavra Fotos abaixo do título da rede.

     

    Que o amor e amizade, sincera, sejam o princípio desta casa.

     

    Bem vindo!

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Fevereiro 24


1) Qual seu nome completo?

Cleidinê Vicente Marques


2) Sexo?

Mascolino


3) Data de nascimento

24/02/1944


4) Local de residência (apenas Cidade / Estado / País)

Minas Gerais


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Sou poeta e escritor. Sou aposentado e tem como passatempo os meus grafados.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Eu fiquei sabendo


7) Concorda em colocar Foto (que mostre Você) em Teu Perfil - para ser Aprovada/o?

Sim


8) Concorda que as poesias eróticas (caso as poste), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim.


9) Concorda em interagir conforme possa, com os demais membros participando e interagindo das atividades da Casa?

Sim.


10) Concorda em NÃO POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim.


11) Deixe o Link do Facebook ou Recanto das Letras (caso tenha) *Não coloque o "http"

http://Não tenho


12) Publique neste espaço, um ou até dois textos de tua autoria. (não precisam ser extensos)

"MOMENTOS SUBLIME" Alado atrelei-me as saudades um tanto sobejadas, aportei-me em momentos dispersos e naufragados. Fragmentos nítidos se juntam aglutinando imagens, as quais nas recordações tão distintas tornam-se consequências flageladas em nostalgias. Um violão sonoro explicita o meu pranto, um choro melódico no repouso de uma rosa sobre a sua janela, são resquícios dos meus verso e prosa. As relutâncias são as minhas no presente. Outrossim,estendo o abandono de um passado, no seu peito tatuado, marcas profundas de deleites que a fizeram em regalo. Privado descanso solenemente as minhas peregrinações de momentos tão sublimar, no ante e no pós, hoje,resignadamente à sós. "MOMENTOS SUBLIME" Alado atrelei-me as saudades um tanto sobejadas, aportei-me em momentos dispersos e naufragados. Fragmentos nítidos se juntam aglutinando imagens, as quais nas recordações tão distintas tornam-se consequências flageladas em nostalgias. Um violão sonoro explicita o meu pranto, um choro melódico no repouso de uma rosa sobre a sua janela, são resquícios dos meus verso e prosa. As relutâncias são as minhas no presente. Outrossim,estendo o abandono de um passado, no seu peito tatuado, marcas profundas de deleites que a fizeram em regalo. Privado descanso solenemente as minhas peregrinações de momentos tão sublimar, no ante e no pós, hoje,resignadamente à sós. "MOMENTOS SUBLIME" Alado atrelei-me as saudades um tanto sobejadas, aportei-me em momentos dispersos e naufragados. Fragmentos nítidos se juntam aglutinando imagens, as quais nas recordações tão distintas tornam-se consequências flageladas em nostalgias. Um violão sonoro explicita o meu pranto, um choro melódico no repouso de uma rosa sobre a sua janela, são resquícios dos meus verso e prosa. As relutâncias são as minhas no presente. Outrossim,estendo o abandono de um passado, no seu peito tatuado, marcas profundas de deleites que a fizeram em regalo. Privado descanso solenemente as minhas peregrinações de momentos tão sublimar, no ante e no pós, hoje,resignadamente à sós.


Minhas Fotos

CPP