Minhas Atividade

Diná Fernandes de Oliveira Souza left a comment on ImagPoesia
"Encontrei o espaço onde diz Insira sua Poesia, mas a mensagem diz que não posso ter acesso. tudo bem , peço desculpas se entendi errado,"
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza replied to Ilario Moreira's discussion Saudade in ImagPoesia
"Amigo Ilário, mil desculpas pelo ocorrido,ainda estou estou meio perdida por aqui. Estarei deletando do seu espaço! De qq forma agradeço suas gentis palavras.
Abraço!"
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza commented on Diná Fernandes de Oliveira Souza's blog post Ego Rebelde (Texto sem a vogal A)
"Bravo , bravissímo  poetisa Marsoalex, até senti vontade de me esconder... Parabéns querida. Fico feliz que tenha gostado do exercício, eu gosto muito!!
PS: Tenho um blog onde posto, se me permite que eu poste seus textos sem a vogal A, ficarei feli…"
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza left a comment for Diná Fernandes de Oliveira Souza
"Texto sem a vogal "A""
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza replied to Ivone Boechat's discussion Choro in ImagPoesia
"Um poema que transborda sensibilidade, "gente partindo pelo cansaço da solidão" magistral! Parabéns Ivone.

Bjs!"
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza left a comment on ImagPoesia
"Bom dia, Grata por aceitar-me no grupo. 
Acabo de compor um singelo poema e espero que esteja de acordo com o regulamento, posso postar aqui?
Aguardo retorno.
Grata.
Diná"
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza agora é membro de ImagPoesia
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza commented on Ana Lucia Mendes dos S.Sampaio's blog post FECHO A PORTA PARA A DOR
"Versos que relatam a determinação d'uma mulher que sabe o que quer, dá um basta na desilusão e seguirem frente sem mágoa nem ressentimento; Poema primoroso. 
Gostei bastante.
Abraços!"
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza commented on FRANCISCO JOSÉ TÁVORA's blog post MENINA DAS MIL FACETAS
"Uma dualidade composta de duas essências  maravilhosas: Inspiração e talento.
Tenha um dia azul!
Abraços poéticos aqui do nordeste."
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza commented on Eudalia Alves Martins's blog post CONTIGO!
"Tão bom quando conseguimos identificar esses pequeninos gestos  que nos faz tanto bem. No amor tanto aprendemos quanto ensinamos, essa troca é bem gratificante. Belos versos numa bonita declaração de sentires.

bjss!"
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza commented on SAM MORENO's blog post >A INEVITÁVEL CHAMA<
""Ao pintar sua tela, movido conquistei o relevo ansiado", versos soberbos, o que escreves é sempre grandioso e encantador.
Abraços de paz, deixo!"
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza agora é amigo de Marsoalex e Nieves Merino Guerra
Gestores
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza commented on Diná Fernandes de Oliveira Souza's blog post Relaxe (Rondel)
"Olá Nieves, que mimo lindo, agradecida pelo carinho... fiquei feliz demais!
Bjs!"
21 de Jun de 2017
Diná Fernandes de Oliveira Souza commented on Diná Fernandes de Oliveira Souza's blog post Relaxe (Rondel)
"Olá Edith, pois é menina, já estivemos juntas em outras redes Ning, depois que organizei meus blog, estou me dedicando a eles e larguei as redes.
Obrigada pela leitura e destaque. Que seja suave seu amanhecer co muita paz e luz.
Bjs no core."
21 de Jun de 2017
Mais…

Meu Blog

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

1) Qual o teu nome completo?

Diná Fernandes de Oliveira Souza


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

27/05/1942


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Várzea- PB


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Sou uma pessoa comum, Funcionária Pública aposentada, viúva, um filho e dois netos. Após vários anos morando em Rio, São Paulo, Recife e João Pessoa, voltei a residir no meu sertão paraibano e no aconchego da família, aqui desfruto de uma paz invejável. Sou apaixonada pela vida e procuro aproveitar o que de bom ela me oferece, o que não me agrada vou dispensando, gosto de viajar, conhecer novas culturas, pessoas, já fiz muitas amizades nas viagens, é é muito legal. Quanto a minha produção literária, devo dizer que não é farta, não me preocupo com o quanto devo escrever, escrevo quando desejo expressar a voz do coração e d'alma, meu linguajar é de fácil entendimento, meus textos não são metrificados, tenho certa dificuldade em scandir versos, ultimamente tenho escrito alguns textos com supressão da vogal "A", acho um excelente exercício.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Fui indicada pelo poetamigo Sam-Moreno, pessoa por quem nutro admiração e respeito.


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim


9) Concorda em interagir conforme possa, com os demais membros participando e interagindo das atividades da Casa?

Sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://www.facebook.com/dinafernandes.deoliveirasouza


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

Eu sou o Amor Eu sou o amor, Sou vigia dos seus sentimentos Não ouves o grito na garganta? O amor não deseja adiamento Veja que a cada instante se agiganta. Eu sou o amor, É inadiável vive-lo, Por que recusas com rigor? Escute meu apelo! Eu sou o amor, Amor plangente Eu sou a sublimidade Ama-me integralmente Sinta minha suavidade... Eu sou o amor Povoar seu coração Como meu doce linimento Até que transborde a paixão, É o meu intento. Duelo (Sem a voga A) Um tremendo duelo entre eu e meus escritos. Tento um melhor descrever de emoções em versos, porém fogem de mim, verbetes que completem meus riscos e desenhos poéticos. E eu me esforço, me esfolo, viro e reviro livros que me mostrem um mote eloquente, que supere meu temor de escrever suprimindo um certo elemento. dinapoetisadapaz


Minhas fotos

Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 0

Grupos que participo

Minhas Discussões

Autor em tela

CPP