QUEM ME DERA AMOR MEU!

Se eu pudesse neste minuto varrer mundos
Montar nas asas dos ventos alísios
e me pendurar no teu pescoço...
Ah, querido,
sinto tantas saudades tuas
Sem ti meus dias são tão insípidos
Nem o buriti tem gosto para mim
Sinto falta das tuas mãos na minha nuca
Puxando-me para um beijo que não acaba nunca
Tenho na boca o teu gosto de mosto inebriante...
Enlaçando minha cintura num abraço cheio do meu compasso
Me seguindo pelo meu desejo
Me levando à montes altos
Me tomando em assaltos até eu me perder em ti
... E esta distância,
que poe solidão nas minhas madrugadas,
deixando-me exausta, insone,
balbuciando teu nome.
Quem me dera meu amor de todas as horas,
agora,
sem demora,
montar nos ventos e fazer amor contigo
nas pétalas de um cata-vento!

Elisa Salles
Direitos autorais reservados)

UMA TARDE ASSIM...


Quero uma tarde de primavera linda que só ela
Não quero pensamentos tristonhos nesta tarde
Não quero as dores que assolam o mundo de meu Deus
Não quero as lágrimas das crianças desabrigadas
Não quero o desfortúnio dos bombardeados nas nações
Não quero o choro das mães que perderam seus filhos
Não quero o desespero dos pais que não tem como pôr pão às mesas
Não quero a vergonha dos que ainda se envergam ante o preconceito
Não quero...
... Hoje não quero!
Quero passarinhos à pousar no pé de siriguela
e a moça na janela à atirar beijos por quem passar por ela
... Quero uma tarde assim
Cheia da porção de gentileza que ainda há em nós
Transbordante de ternura que acaricia a cerne
e faz brotar sorrisos na boca da gente.
Enternecendo a alma de esperança.
Fazendo corar a face de alegria.
Varrendo do poema toda nostalgia
Uma tarde de primavera assim...
Calma
Leve
E profunda de filosofias simples
E se o amor não vier fazer pouso no colo,
que venham amizades brincar nos balanços da vida,
dando guarida, sarando a ferida.
Quero apenas isso
Não quero a maldade dos homens sangrentos
Apenas uma tarde cheia de poesia,
talvez seja utopia minha,
mas ainda quero uma tarde assim.

Elisa Salles

(Direitos autorais reservados)

Minhas Atividade

Elisa Salles posted a blog post
Quero me misturar à ti...Mesclar nossas essênciasConfundir nossos átomosUnificar nossas célulasAmaranhar nossasmoléculas.Na doçura,na candura,na descomposturado ato,do fatode fazeramor contigo.Fundir nossos corpos,tesar nossos músculosnervos...Nosso…
Jan 26
Elisa Salles posted blog posts
19 de Dez de 2017
Elisa Salles left a comment for Nina Costa
"Boa tarde minha querida, não havia respondido o seu comentário ainda porque sou nova aqui no site e ainda não sei como interagir. Mas fico feliz com a sua amizade e mais ainda por saber que vc é capixaba. Estive lendo alguns versos teus. São lindos.…"
15 de Dez de 2017
Elisa Salles commented on Glaucia Amaral's blog post Não foi por acaso...
"Lindíssimo poema... O amor em versos e sentimentos. Parabéns querida!"
15 de Dez de 2017
Elisa Salles atualizou a foto do perfil
15 de Dez de 2017
Elisa Salles posted blog posts
15 de Dez de 2017
Elisa Salles posted blog posts
13 de Dez de 2017
Elisa Salles posted a blog post
Das dores da vida bem sei eu...
Mas também o sei dos risos brancos,
francos de mar e ausência de siso!
Dos tempos do fruto maduro da mangueira,
das ternuras das paixões costumeiras
e dos banhos de chuva; sem juízo.

Das dores da vida bem sei eu...
M…
12 de Dez de 2017
Elisa Salles posted blog posts
12 de Dez de 2017
Elisa Salles posted blog posts
9 de Dez de 2017
Elisa Salles e Eduardo Samuel Ferreira agora são amigos
9 de Dez de 2017
Elisa Salles posted blog posts
6 de Dez de 2017
Elisa Salles agora é amigo de SAM MORENO e Nina Costa
6 de Dez de 2017
Elisa Salles commented on Elisa Salles's blog post UMA TARDE ASSIM...
"Que maravilhoso!
Estou extasiada... Gratidão... Gratidão!"
5 de Dez de 2017
Escrevendo para variar e lendo meus amigos poetas!
Mais…

Meu Blog

PRECE ( PROFANA?)

Quando toca-me a pele ardente em brasa Com tuas mãos de mármore e veludo... Ainda não me exiges nada_ Dou-te tudo. Finco-me no corpo teu_ Minh'alma cria asa. És a personificação das minhas fantasias
Saiba mais…

QUISERA, APENAS QUISERA

Quisera ouvir de tua boca a doce promessa De que jamais me negarás os teus carinhos Mas sou águas profundas de incertezas... Eu... Que faço de ti minha casa, meu ninho.
Saiba mais…

UM FIO APENAS...

Há um fino fio a segurar o amor de minha vida...
Tão tênue quanto o amanhã _ Anseia e apavora
Nada ampara. Nada jura. É emaranhar de dúvida
E meu Deus, este "talvez" consome e devora!

E apesar desta perplexidade, vive,fiel a…

Saiba mais…

MAS...

Das dores da vida bem sei eu... Mas também o sei dos risos brancos, francos de mar e ausência de siso! Dos tempos do fruto maduro da mangueira, das ternuras das paixões costumeiras e dos banhos de chuva; sem juízo.
Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Seja bem-vinda, conterrânea!
    Prazer em conhecê-la e em sabê-la capixaba! Também sou, de Mimoso do Sul, cidade de Maria Antonieta Tatagiba, nossa poetisa maior.
    Beijos!!!
    Nina Costa
  • Seja muito bem-vinda Poetisa Elisa Salles a esta Casa de Poetas e Poesias. Abraços.

  • Obrigada por tantas boas vindas queridos, estou muito feliz!

  • Bem vinda!!!!
  • BEM VINDA Elisa!
    Enfim você chegou! Respire fundo. Sorria. Deixe suas preocupações de lado. Entre e sinta-se em casa.
This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Agosto 5


1) Qual o teu nome completo?

Ana Elisa Salles Santos Pereira


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

05/08/1973


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Serra, Espírito Santo


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Sou técnica de enfermagem, mãe de uma moça de 16 anos, casada. Escritora de poesias, crônicas e contos desde a adolescência.Uso dois heterônimos, Anna Corvo e Helena Maria.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Geraldo Coelho Zacarias


8) Concorda que as poesias eróticas (caso as poste), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Concordo plenamente


9) Concorda em interagir conforme possa, com os demais membros participando e interagindo das atividades da Casa?

Certamente


10) Concorda em NÃO POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Concordo


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://https://www.facebook.com/ana.elisa.908132


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

UM... Somos tão " um" Em nossas afinidades, do nosso jeito de ser ( E nos querer) De ficar De ir De permanecer... De tanto ser " nós" quase não preciso mais de mim! Elisa Salles ( Direitos autorais reservados) SAUDADES DE TI... Por onde andas meu querido? Estou curiosa ( A tristeza mudou de nome) Por quais caminhos tens andado? O que tens visto, por outras paragens? Por lá o sol é mais brilhante, a lua mais prateada? Sumiste dos meus olhos Não disseste nada aos ouvidos que eram só teus? Conta-me como vai sua vida,teus sonhos Há novos amores, melhores que o meu? Não diga nada, fica... Procuro não saber das outras bocas que beijaste Das faces que acariciaste, dos cabelos que afagaste Não quero saber das tuas felicidades; sinto muito Deixa-me na ignorância de saber-te amado por outras, mas fica, porque morro de saudades de ti! Elisa Salles ( Direitos autorais reservados)


Minhas fotos

Autor em tela

Bate papo CPP

CPP