Posts de IRACI DA SILVA RODRIGUES (347)

O MACACO APAIXONADO

Boa tarde queridos administradores, venho fazendo postagens infantil. se não for permitido por gentileza podem falar. Também escrevo para adultos mas a paixão pelo infantil supera. Desde já muitíssimo obrigada por fazer parte desse espaço lindo.
Saiba mais…

BOLINHAS DE GUDE

Qual criança não tinha
Um saquinho com bolinhas de gude
As tardinhas era aquela alegria
Bolinhas de gude no chão
Um círculo era marcado
Um buraco logo cavado.
As bolinhas giravam, giravam,
Nas mãos dos garotos rodavam
E nas casinhas entravam.
Quem ganhava as bolinhas levavam
A brincadeira era sempre sadia
Na tarde seguinte depois da escola
Tudo se repetia ou se ganhava
Ou por azar tudo perdia...

autoria- Irá Rodrigues
http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Saiba mais…

O POETA

Na beira do mar
De alma romântica
Rabisca a tela
O poeta sonha...

A Lua chega
Irradia a noite
Traz inspiração
O poeta clama...

Essa beleza é a vida
Um cenário que grita
Explode com exaltação
O poeta delira...

Nuvens se enchem
A luz se espalhou
Magnitude da noite
São gotas de chuva que cai
O poeta adormece...

Irá Rodrigues
http://ira-poesias.blogspot.com.br/

Saiba mais…

SOU BAIANA...

Trago o nordeste no sangue
Sou filha desse sertão
Orgulho de coração.

Não importa a estação
Broto como flor de mandacaru
Sem esperar chover
Para poder florescer.

Gosto de uma tardinha
Sentar na rede ouvir uma prosa
Uma moda e um repente
Que fale claramente
Desse nordeste quente.

O povo pode ser carente
Mas não cai na solidão
Enfrenta a vida com bravura
Faça sol ou caia chuva...

http://ira-poesias.blogspot.com.br/
Autoria- Irá Rodrigues

Saiba mais…

NO AMANHECER

Estarei viajando no tempo
Talvez nos braços do vento
Cantando canções
Vivendo emoções
Pensando aonde chegar
Ou quem sabe
Aqui mesmo poder ficar...


No entardecer
Quando a noite chegar
Não sei aonde vou estar.
Talvez entre as estrelas
Tentando roubar seu brilho
Alimentando sonhos
Criando poemas de amar...


E se amanhecer
Sem ter o que sonhei
Haverá um vazio
No pensamento lembranças
No papel fragmentos
De tudo que criei
Dos poemas que sonhei
O que restou
Não sei...

http://ira-poesias.blogspot.com.br/
Autoria- Irá Rodrigues

Saiba mais…

SER PAI...

É saber educar com amor
É guiar nos caminhos do bem
É saber definir sua missão
Aconchego e proteção...

Ser pai é ser amigo brincalhão
É ser severo na hora certa
Pai é referencia é esperança
É o espelho da criança...

Ser pai é mostrar-se forte
Mesmo nas horas difíceis
É estender as mãos
Demonstrando proteção...

Pai é ser criança e saber brincar
Abraçar quando o filho cai
Chorar se for preciso
Sorrir e saber amar...

Irá Rodrigues

http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Parabéns a todos os pais do CPP. Um beijo em cada coração;

Saiba mais…

SER ESTUDANTE

É o melhor tempo da vida
Quando se descobre os mistérios
Os anseios a busca do querer
O futuro que pretende ter...

Época de descobrir-se
Ir à luta abraçar as vitórias
Trilhar caminhos
Almejar os sonhos, realizar...

Ser estudante

É entender o mundo através dos livros
É muito mais que ler e escrever
É viajar sem medo de errar
Pois errando é que se aprende...

É saber decifrar os enigmas que surgem
Enfrentar os obstáculos com confiança
É construir seu próprio lema de ver
Tudo que deseja aprender...

Ser estudante
É nunca perder a confiança
É acreditar na sua capacidade
De buscar e poder realizar...

Irá Rodrigues

http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Saiba mais…

AS IMAGINAÇÕES DE ZEZINHO

Como será nos país dos livros
Ficava Zezinho se perguntando
Se nas letrinhas eu viajo tanto
Sei- é só na minha imaginação...

Um dia ainda vou lá
Onde moram as letrinhas
Elas trabalham juntas para formar o livro
Em algum país elas devem morar...

Já sei! – Pensou Zezinho
Subirei nos livros olho para o céu
Uma estrela com certeza
Ira me levar até lá...

E se eu conseguir chegar
Muitos livros eu vou encontrar
Até posso contar a minha história
Quem sabe em um livro eu possa morar...

http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Irá Rodrigues

Saiba mais…

NUMA VERDADEIRA FANTASIA

Meus desejos poéticos
De tão desiludido cansou
Nas sombras da amoreira
Esqueceu-se da vida desmaiou...

Nas duvidas sonhou
Em sonos profundos esqueceu
As frases que rimou
As palavras que desenhou...

Desanimada o cansaço venceu
Ali mesmo ficou
Palavra solta ao vento
Ficou esquecida do tempo...

E meu verso criou asas
No claustro do vazio
Palavras caiam da magia
Numa verdadeira fantasia...

Irá Rodrigues

Saiba mais…

O AZEDINHO

Era uma vez um limão
Verde e azedinho
Resolveu sair sozinho
Foi aquela confusão...

Do pé saiu de mansinho
Não queria ser colhido
No liqui...ser batido
Virar suco e ser bebido...

Dali correu ligeiro
Ao ver que já vinha colher
Rápido tentou se esconder
Foi justo para o galinheiro...

Galinha não gosta de limão
Azeda o bico e é amargo
Foi uma grita daqui a outra dali
Limão faz bem a digestão...

Irá Rodrigues

Saiba mais…

A FESTA DO GAVIÃO

Virou uma confusão
Na entrada ficou o xerife
Ninguém saia e nem entrava
Era tarde passava da madrugada.

O gavião não se conformava
Com a falta de compostura
Daquela feia criatura.

O corujão impiedoso
Invadiu a festa para atrapalhar
No meio daquele frio
Exigindo do gavião um desafio...

Desafiar o seu território
Assim dizia ele ser o dono
Houve a maior confusão
O corujão derrotado se enfiou no chão...

Ira Rodrigues
http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Saiba mais…

HOJE SÓ QUERO...

Sair de mãos dadas
Ri fazer piada
Ganhar aquele olhar
Ficar encabulada...

Sentar num banco qualquer
Comer algodão doce
Se lambuzar
Ri e se amar...

De mãos dadas andar na praia
Encartar-me com o pôs do Sol
Ouvir juras de amor
Esquecer a hora
Sem pressa de ir embora...

E num sussurro gostoso
Dizer tudo que quer
Faz-me sentir menina
Com desejos de mulher...

Hoje só quero um abraço dengoso
Que toque meu corpo
Penetre minha alma
Que me deixe toda calma...

Autoria- Irá Rodrigues

Saiba mais…

RESPEITO

                                        RESPEITO

Não se compra na feira
Não se encomenda no mercado
Nem tão pouco se esquece por ai
Ser gentil é ser educado...

E ai vem aqui e me diz
Que ato você fez hoje?
Disse bom dia agradeceu
Ou simplesmente se esqueceu...

Gentileza é um ensinamento
Que vem dos avós dos pais
Ser educado não custa nada
Tenta entender isso nos satisfaz...

Gentileza gera gentileza
Entrelaça sonhos e atos
Faz renascer a sementinha da esperança
Seja adulto, ou seja, criança...

Agradeça sempre
Ajude para ser ajudado
Vamos semear a gentileza
É tão significativo ser educado...

Irá Rodrigues
http://gostinhodepoesia2015.blogspot.com.br/

Saiba mais…

VOVÓ ANTIGAMENTE

Era bem velhinha cabelo branco
Sentava na cadeira de balanço
Contava historinhas
Encantava os netinhos...

Ia para a cozinha fazia bolo de chocolate
Pipoca brigadeiro e muito mais
Hum! E os pãezinhos saindo do forno
Quentinho derretia na boca.

Vovó usava óculos e avental
Hoje vovó anda modernizada
Acorda o dia já conectada
Vive de alto astral..

Não gosta de ser chamada de velha
Aos sábados vai pra balada
Óculos só os esportes
Na cadeira descansa o gato...

De uma coisa a vovó não muda
Amor para dar e sobrar
Vovó é mãe açucarada
Não reclama e nem dá palmada..

Autoria- Irá Rodrigues
http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Saiba mais…

AO ESCRITOR 25 de julho

Aquele que acorda com a poesia surgindo
O mestre verdadeiro escritor
Que descreve com maestria o amor
Em sua alma não sobra espaço para a dor...

O escritor que sabe traçar em versos
Que dedilha com amor e paixão
As melodias brotando do coração
Arrancando suspiros de poemas submersos...

A te escritor que tão bem descreve a saudade
Pintando na tela com a sua maestria
Versos soltos formando a poesia
Em sonhos de liberdade...

Que cria versos olhando uma imagem
Emoldurando o mar o sol e a lua
Bailando versos flutuando na rua
Beleza que o poeta traz na bagagem...

Autoria- Irá Rodrigues

Parabéns a todos os escritores..

Saiba mais…

O PORCO

Arrumou-se colocou perfume
Calçou bota pôs chapéu
Usou gravata listrada
E camisa bem arrumada...

No curral passou pelo burro
Que riu e relinchou
Deixando o porco irritado
Vai logo mal educado...

Mas o porco nem ligou
Das criticas do invejoso
Encontrou a cabrita teimosa
Com ela não queria prosa...

O porco seguiu viagem
Estava mesmo apressado
Ia ver a namorada
No chiqueiro bem ao lado...

E logo estavam juntinhos
Ele todo perfumado
A porquinha enlameada
Cheirava muito mal...

O porco desiludido
Decidiu voltar pra casa
E o burro que o esperava
Ria e relinchava...

Irá Rodrigues
http://ira-poesias.blogspot.com.br/

Saiba mais…

ERA UMA VEZ

Uma dança animada
Na panela rebolavam
Os carocinhos pipocavam...

Era o baile das pipocas
Por fora amarelinho
Pipocou ficou branquinho
Nenhum ficou de fora...

Os carocinho agarradinhos
Começaram os seus pulinhos
O cheirinho foi se espalhando
A criançada foi chegando...

Ira Rodrigues

http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Saiba mais…
CPP