Posts de IRACI DA SILVA RODRIGUES (313)

SEREI TUA PARA SEMPRE

Busquei respostas no vento
Dele recebi caricias
Pedi que cantasse baixinho
E ele virou furacão
Resolvi buscar sozinha
A dor da minha paixão...


A brisa com pena
Fez-se presente
Tentou ajudar
Cantou baixinho
Soprou para o mar
Palavras de carinho...


Do mar
Canta uma voz
Encanta no ar
Com meiguice e ousadia
A mais doce melodia...


À tarde o sol poente
Deslumbrante cenário
Adormeci na areia
Senti-me no paraíso
Sonhei com você na lua
Imaginei ser só tua...


Despertei sem entender
Se aquilo era real
Se o vento soprou ali
Se a lua se fez presente
Só sei dizer com certeza
Serei tua para sempre...

Autoria-Irá Rodrigues
http://ira-poesias.blogspot.com.br/


Saiba mais…

O SAPO

Botou a botina
Perfumou-se
E foi visitar a noiva
Que o tio lhe arranjou...

Na porta da casa
Da namorada
Lembrou-se da cartola
Saiu em disparada...

Autoria- Irá Rodrigues
http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Saiba mais…

DIFICIL É DESCOBRI....

Sou o futuro
Sou tua vida
Tua alma
A saída
Teu tudo...


Sou a beleza da vida
O sabor da ida
Sou a calmaria da noite
Ou o romper do dia...


Sou até aquela energia
Que busca para viver
Sou à força de um amor
Os desejos
Os segredos contidos
Dos momentos vividos...


Sou aquela palavra de carinho
Aquela paixão contida
Na busca de teus carinhos
Sei que sou tudo
E não sou nada
Difícil é descobri...

autoria- Irá Rodrigues
http://ira-poesias.blogspot.com.br/

Saiba mais…

BRINDE...

Brindei o poeta
Nos versos de uma poesia
Na intimidade das letras
Esbanjei na minha ousadia...

Fiz a combinação perfeita
Criei versos fui além
Desafiei a imaginação
Foram desejos da paixão...

Pensamentos vagando a toa
Na deficiência do meu querer
Busquei a definição perfeita
Dos desejos de ser e ser...

Irá Rodrigues

http://ira-poesias.blogspot.com.br/

Saiba mais…

NO MEIO DO NADA...

Andei sem destino
Parei na beira do mar
Recuei diante da fúria
Das ondas enfurecidas
Pareciam disputar
Uma dança sensual
Ou de pura ousadia...
Não mais sabia onde estava
Cansada de vagar
Perdida naquele lugar
Nem vi o tempo passar
Aqui um silêncio sem fim
Lá embaixo a briga do mar
Será que existe alguém
Mais perdida do que eu?

Irá Rodrigues

Saiba mais…

QUERIA AGORA

Um abraço de urso
Um carinho
Uma palavra basta...
Queria um aconchego
Um pinguinho de ternura
O sorriso que sumiu
Deu lugar as lágrimas
Que rolam
Afoga
Encharca a alma...
Queria um abraço
Que preencha o vazio
Que de repente chega
Mexe
Remexe
Invade
Deixa um buraco
Na vida da gente...
Quero um amigo
Que espante a solidão
Que se aloja em mim
Quero alguém aqui
Falando abobrinhas
Fazendo-me ri...
Seja lá como for
Só quero
Um braço
De qualquer jeito
Até com seu defeito...

Irá Rodrigues
Código do texto: T3972031
Classificação de conteúdo: seguro

Saiba mais…

LUAR

Cai sobre o mar reveste de luz
Num cenário transcendente
É calmaria reluz
É pureza na alma
É amor que seduz...

Em movimentos de sonhos
Despe-se nos olhos
É lua romântica
Nesse esbanjar indecente
Vira mulher passiva
Com desejo carente...

De cores profana
Em atos de amor
Ao derramar seus raios
Nas águas do mar
Vira fantasia
Desperta magia...

Cheias de sabor
O mar uiva sua fúria
O clímax se esvai
Acalenta a alma
Num ritmo lascivo
Para o sol se insinua
É lua mulher
Pura e toda nua...

Autoria- Irá Rodrigues
Código do texto: T4071971
Classificação de conteúdo: moderado

Saiba mais…

MÊS DE JUNHO

É festa de São João
Tem forró e tem fogueira
Tem arrasta-pé a noite inteira
Aqui só tem animação...

O nordeste é tradição
Alegria não pode faltar
O povo chegando pra animar
A quadrilha no salão...

São João tem o arraiá,
Tem casamento da roça
Ninguém se atreve a ir embora
Antes de o dia raiar...

Tem comilança de se fartar
Tem pamonha, laranja e amendoim,
Tem canjica licor e quindim
Tem milho verde pra se assar

Musica boa é do Gonzagão
Baião xote e o forró
Esse ninguém fica só
E não esquece a tradição...

Irá Rodrigues

Saiba mais…

QUEM DERA...

Fosse eu a voz da natureza
Voaria feito as borboletas azuis
Que encanta flores perfuma o ar
No seu bater de asas
Tamanha grandeza...

Voaria em circulo sem fim
Deixaria de ser mulher para poder flutuar
Nas asas do vento sair de mim
Ser borboletas azuis...

Quem dera poder sair do casulo
Com asas leves e delicadas
Na leveza da alma encantada
Bater asas além do crepúsculo...

Quem dera poder enfeitar os jardins
De borboletas azuis a voa
De flor em flor a encantar
Encantar a vida perfumar o jasmim...

Irá Rodrigues

Saiba mais…

SAUDADE DA INFÂNCIA

Do tempo de criança
Quando tudo era tranquilo
Hoje não existe nada tranquilo
Resta apenas a lembrança...

Gostoso dormir na casa de uma tia
Era a folia dos sobrinhos
Lá sobrava afago e muitos carinhos
A noite ficava pequena para tanta folia...

No sábado tudo era permitido
Dormia tarde- o outro dia era domingo
Ali tinha de tudo e não faltava chamego
O pão quentinho era garantido...

Longo cedinho o leite era tirado
O cheiro gostoso saindo da cozinha
A tia coava café, o tio pegava a galinha,
Para fazer um almoço caprichado...

Irá Rodrigues  

Saiba mais…

FESTA JUNINA

Mês de junho vai chegando
É festa, canjica e baião,
O povo é aquela animação
No terreiro sai dançando...

Em volta da fogueira é noite de São João
Tem quadrilha tem verso e tem poesia
Nada pode faltar nem tão pouco a alegria
Tem chamego e tem clima de paixão...

Tem um homem menino e mulher
Tem casamento e a velha benzedeira
Tem arrasta pé a noite inteira
Não se anima quem não quer...

O mês é todo de festança para animar
Santo Antônio o velho casamenteiro
O povo grita- Arrasta o fole sanfoneiro
Que a mulherada quer casar...

Junho animado é no nordeste
Aqui respira a cultura popular
Tem comida e tem quentão para esquentar
E viva a cultura popular...

Autoria- Irá Rodrigues

Saiba mais…

NOS TRILHOS DO TEMPO

Trilhei nos caminhos do tempo
Na sintonia da vida
Fiz a festa dancei
Esbarrei na lógica fiquei...

Despertei entre o mar e o mistério
Fui timoneira e no mar lutei
Transformei ondas de agonia
Em êxtase e alegria...

Nas ondas abri espaço do tempo
Pintei a tela de emoção
Sem maquiagem sem medo
Fui à voz da paixão...

Irá Rodrigues

http://ira-poesias.blogspot.com.br/

Saiba mais…

QUEM NÃO CONHECE?

Conheço tantas crianças
Cada uma com sua fantasia
Sua sobremesa preferida é a melancia
Pensa nas verdadeiras comilanças...

Quem não conhece alguém assim
Parecida com Monica ou Cebolinha
Os dois adoram uma briguinha
São amigos e briguentos sem fim...

Olha que se lembrou da prima Magali
Tudo que encontra vai comendo
Parece ter um saco por dentro
Tudo que se oferece logo grita sim.......

E o irmãozinho estilo cascão
Tem medo de água e diz está limpinho
Coloca roupa limpa bota um cheirinho
E sai dando um de machão...

E aquela coleguinha que fala errado
Troca o R pelo L feito cebolinha
E ai de quem corrigir a mocinha
Ela gagueja fica furiosa e sai andando...

Irá Rodrigues

http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Saiba mais…

NOS VERSOS DE UMA POESIA

Amor não pode fazer regime
Amor tem que se alimentar
Por isso é preciso alimentar
Faz-se regime ele reprime...

No amor pode exagerar
Deixar bem adocicado
Só não pode abusar
Para não se tornar enjoado...

Carinho coloque na medida certa
Errou- com jeitinho se conserta
Amor tem que ter tempero
Mas nada com exagero...

Use pitadas de emoção
Polvilhe com chamas de paixão
Amor tem que engordar
Usa-se de tudo quando desejar...

Ainda tem a sobremesa
Para sair tudo beleza
Mantenha aceso o fogo
Esfriou- comece tudo de novo...

Amor não tem noite nem dia
Nem inverno e nem verão
Completa-se com êxtase e paixão
Nos versos de uma poesia...

Autoria- Irá Rodrigues

Resultado de imagem para gifs namorado

FELIZ DIA DOS NAMORADOS....

Saiba mais…

SEM MEDO

Toca meu corpo acaricia-me
Sacia esse mel da minha boca
Saboreia essa volúpia
Que invade me deixa louca...

Chega devagarinho
Arranca de mim suspiro
Acalma essa onda de desejos
Preenche esse corpo de beijos...
Vem
Vira-me pelo avesso
Ancora nas curvas perigosas
Faz de mim teus pecados
Teus delírios impensados...
Vem
Escorrega lentamente no meu corpo
Pinta-me na tela sem pudor
Escancarada largada
Sou tua namorada...

Irá Rodrigues

Saiba mais…

O AMOR

http://4.bp.blogspot.com/-EGHyftRm0Ik/VaFcdKVvXLI/AAAAAAAANz4/SRLHx1ZvAwU/s1600/imagenes%252Bde%252Bamor%25252C%252Bimagenes%252Bromanticas%25252C.gif

É um bichinho que entra no coração
Bagunça os sentimentos
Quebra barreiras enfrenta limites
Cria uma briga
Entre a paixão e a razão
Invade os sonhos
Faz delirar
Dá sentido a vida
Chega e te contagia
É o amor em poesia...

Irá Rodrigues

Saiba mais…

REFLEXO

Passa em minha vida o reflexo
São momentos presentes
Instantes vividos
Tento esquecer não consigo...

Num segundo do fim
Passa em minha vida
A cor e o desejo da ida
O cheiro de terra molhada
O gostinho de manhã orvalhada...

Passa em minha vida
A cortina que se move ao vento
Que invade a madrugada
Trazendo sabor de mar...

Passa em minha vida
O brilho do meu olhar
As lágrimas refletidas
Que rolam sem parar...

Tudo hoje passa em minha vida
A tristeza entra penetra
Machuca
Invade
Eu meu ser um espectro
Uma sombra...

Passa no reflexo do espelho
Talvez um anjo de luz
Um amigo inexistente
Ou apenas pensamento
São momentos assim
Que vivo nesse momento...

http://ira-poesias.blogspot.com.br/

autoria- Irá Rodrigues

Saiba mais…

AMANTE DA POESIA

Em cada passo que dei
Recolhi farrapos da alma
Em papeis desbotados
Fiz versos remendados...

Rimei amor com dor
Momento com encantamento
Esqueci-me de rimar
O meu jeito de amar...

Deixei retalhos de mim
Na alma dos apaixonados
Entre desejos e paixão
Gravei versos de emoção...

E nesses passos que dei
Na correnteza do vento
Tracei frases espalhei
Deixei vagando no tempo...

Na ânsia de realizar
Pedi clemencia
Fui amante da poesia
Fui à verdadeira magia...

http://ira-poesias.blogspot.com.br/
Autoria- Irá Rodrigues

Saiba mais…

PESCADOR

                                                                                            http://www.baoxaydung.com.vn/stores/news_dataimages/hiep/032015/21/11/110400baoxaydung_image011.jpg

Logo cedinho vai ele
Em direção ao mar
Ou pesca na beira da praia
Ou avança nas profundezas
Sem ter mesmo a certeza...

Ainda no escuro
Juntam-se rumo ao mar aberto
Içam velas e lá vão eles
Com destino incerto...

Pele queimada corpo desnudo
Chapéu na cabeça
E lá se vai à jangada
Para mais uma jornada...

Joga o anzol
O peixe belisca
E num solavanco
Das águas puxam
O mais lindo peixe branco...

Não era só um peixe
E a pescaria só começava
Isso se a natureza
Não mandar uma tempestade...

E se vem à tempestade do fundo do mar
Os peixes desaparecem
Só resta voltar desanimados
Para os braços de suas amadas...

Autoria- Irá Rodrigues

Saiba mais…

E VAMOS CANTAROLANDO

Estudando matemática
Fica chato se sozinha
Convida-se a gramática
Resolvendo o probleminha...

Os números chegam sozinhos
Tem duvidas pode apagar
Escreve tudo de novo
E pode simplificar...

Se um se junta com zero
Vem o dez de lero-lero
Depois o dois com dois
Os patinhos saem nadando
E vamos cantarolando...

Tem o onze que confusão
Dois palitinhos magrelos
Parecendo macarrão..

✿*´*✿
(((•‿•)))
.../█╲¸✿
.._I.I_☆¯`:´¯ ✿☆ autoria- Irá Rodrigues
http://iraazevedo.blogspot.com.br/

Resultado de imagem para gifs de numeros

Saiba mais…
CPP