Posts de Lucas Hêrique (24)

Saudade

Ao pensarmos em saudade, parece que nos tornamos frágeis e é por isso que sempre vamos adiando e adiando a conversa com nosso eu interior, sujeito traquino que muitas vezes por orgulho foge.
Saiba mais…

Mudar o mundo

 Mudar o mundo

 

Meu sonho de infância era mudar o mundo.

Mas Como assim mudar? O mundo não pode ser mudado...

Sussurrou à adolescência.

Embora a vida e intuição poética ensinaram-me, que a vários mundos.

Cada um possui o seu.

Quando um individuo faz algo bom para a sociedade.

E o fizer para suprir o desejo próprio de cumprir o ato,

Estará mudando o seu mundo, que é do tamanho daquilo que sabe, e sonha.

Não podemos controlar as ações a nossa volta,

No entanto somos responsáveis pelas reações que nela houver.

A verdade... Não podemos mudar o mundo de todas as pessoas.

O viver é curto demais, para um mundo tão grande... Mas a vida é longa,

Apenas  levamos a  inteira para aprendermos às coisas mais simples.

 

 

Lucas Hêrique 02/02/2017

Saiba mais…

Billings

Julgam sem   conhecer,

Julgam sem ter porque,

 As pessoas julgam sem ter razão

Para afagar dos teus dias a solidão.

Desconhecem a verdade

Na sacanagem buscam  o prazer.

E assim mascarando os próprios  medos

Despistando do mundo

A maneira fútil de viver.

 

São guardiões do medo

Mas  sabem enganar,

Seu pesadelo é viver soninhos

 Esta é a forma de amigos encontrar.

 

Invadem a sanidade das pessoas

No seu poscológico a viajar.

Desestabilizando aqueles que não têm

Necessidades de com a vida preocupar.

Doentes mentais, que na  vida de outros

Aparecem para atrapalhar,

As vitimas acreditam em defeitos inexistentes

Vindo seu estilo de vida querer mudar.

 

E lutando contra própria natureza,

O que procuram jamais haverão de encontrar.

Pois buscam algo dito como correto

Porém mais correto que já vivem não encontrará.

Lucas Hêrique

Saiba mais…

Meu olhar

Há dentro do meu olhar,

Uma porta por onde entro

Inibido pelo alarde dos ventos

Que fluem da janela, me aproximo,

Olho o tempo, o tempo me olha.

Com a sórdida impressão que tudo pode,

Ele me sente vencido,

Estagnado,  por ter-me roubado

Um par de sonhos e uma meia dúzia de prazeres.

Eu o encaro, o olho, zombo,  sorrio baixinho.

Sei que meus pensamentos é o melhor,

E mais próximo caminho. 

Lucas Hêrique

Saiba mais…

Cambada de amores

 Hoje você esnobou,

Maltratou-me com um sorriso que não me tinhas por direção.

Porque negar, para que fugir,

Se me encontrarás nas dimensões do teu pensar,

Porque fugistes se me corrupias com a sensibilidade do teu olhar.

Não poderei confiar-te minha alegria

E o prazer de amar.

Lucas Hênrique

Saiba mais…

Deisy

De certo ti amarei, 
como se todos os dias
fosse a primeira e ultima vez.

Como a primeira 
para meu respeito preservar.
Como se fosse sempre a primeira, 
para com ansiedade me motivar.

Como a primeira,
pois a real já não vamos lembrar.
Como a ultima, com a saudade lembrar-me 
que sou teu homem,
e nos meus braços não outra aconchegar.


Há meu amor.
Eu hoje quero ti encontrar 
tocar teu rosto, beijar teus lábios,
e por ti outra vez me apaixonar.

Ó minha linda. 
Nunca tenhas medo não.
Sei que não posso ti proteger do mundo,
mas ti protejo do medo, e dou-te as chaves deste coração.

És uma linda morena,
teu sorriso é a minha perdição.
Teus lábios o "limite do meu juízo"
pelo teu corpo fico louco te tesão.

Lucas Hêrique 

Saiba mais…

Uma face qualquer

      

Não tiveres alegria.

Alegrei-me por ti

Jamais lhe vi sorrindo.

Esbocei sorrisos parra ti

Imaginei, não tiveres lagrimas.

Então chorei por ti

Pela ausência de tua voz

Fiz tuas palavras as minhas.

Preza tiveres a memória

No calabosto do passado.

Pintei teu rosto sobre a face do tempo

E lembrarão se de voz.

Esteve comigo, dividi-me partes.

Todas fiz em lhe dar. Mas tu!

Nem se partires. Quebrastes

E não pode se doar.

 

Lucas Hêrique

Saiba mais…

Presépio

 Presépio

Este é um tempo eterno
e vai ficar para sempre
como uma melodia
diante de mim, dentro de mim.
A me fazer abrir caminhos,
de mãos dadas, nunca sozinho,
pois terei ao meu lado
o enviado
um sábio menino.

Lucas Hêrique

Saiba mais…

Travesso o destino

Travesso destino

 

Parecia avisar.

Mesmo que ele não exista,

Que conosco viria a brincar.

Perverso é o tempo

O meu brio não quis preservar

Primeiro aprendi o amor

Para depois me apaixonar.

Por se cumprir assim esta estória

Há quem não pode se defender

Conformais que contra natureza

Existem batalhas improprias de se vencer.

 

Lucas Hêrique 09-09-15

Saiba mais…

Se desejaste me encontrar

procuraste-me nos teus sonhos,

vou invadi-los noite a noite a lhe perturbar.

Mas quem sabe ao longe

Tão longe eu já esteja,

Que em teus sonhos Já não faça questão de entrar.

Se do teu coração

Não puder me arrancar,

Expulsa-me dos teu pensamentos...

Neles não mais quero estar.

Lucas Hêrique

Saiba mais…

Pilhas

Pilhas

 

Não bastam apenas uma.

O peito de um homem

É um caldeirão sobre a fornalha

Onde a paz a ira

A solidão, amor, felicidade

Fracasso o brio e  sucesso,

As vontades. Tudo se mistura

 torna um só combustível. 

 

Lucas Hêrique

Saiba mais…

Mente/coração

Mente/coração

À coração,
sei que gostar de uma solidão.
Apreciar andar sosinho por trilhas e caminhos 
mesmo sabendo que pequeno o mundo não é não.

Debochais da morte,
apunhalais na face a ilusão.
Descrente crerdes  tanto em se mesmo,
seu maior respeito é por uma oração.

Morrer antes da própria morte,
 faz se a maior frustação.
Bebeis o próprio medo em uma taça de vinho,
tua mente não é amiga do coração. 

Lucas Hêrique

Saiba mais…

A busca

A busca


Venha o momento é agora.

As devoradas horas não me esperam,

Não mais lhe posso esperar.

Ei de andar por outras bandas ... das quais

não saberei o que há por mim...

mas, há no peito a certeza de voltar e se

meu amigo amiga sejas , deixa-me passar.

Se um dia o sol se por em purpurina blindando

a notícia minha perdida na estrada

deixas-me em paz contigo.

mas se por ventura não desejar que eu volte,

assim como dose do mel

farei pingar o doce amargo do coração no pensamento.

Lucas Hêrique

Saiba mais…

Vinte e um

Vinte e um 

Já fiz dezoito
agora fasso vinte e um
mas para muitos,
pode ser apenas um.

O primeiro
e a outro a raridade,
o centenário ultimo, o verdadeiro.

Mas são vinte e um
os meus vinte e um,
vinte e um vinte e um,
dos mesmos não mais viverei algum.

Posso viver outros quatro vinte e um,
e feliz serei vivendo no pouco mais uns.

O que fiz,  de nada posso arrepender,
nada muda do que foi
nada deixará de ser.

Tive e causei tristezas,
fiz e fui feliz,
do todo nada peço que volte
mas de muita coisa quero bis.

 Lucas Hêrique (12-11-2015)

Saiba mais…
CPP