Posts de Maria Elsabete da Silva Leite Ba (44)

QUEM ME DERA...

QUEM ME DERA

Quem me dera ser um mágico

colorir o negro da vida, o trágico

e do Bem fazer auspiciosa elegia

Transformando as tristezas em alegrias  

Brotando nos corações, muito Amor

Fazer as pessoas enxergarem à Verdade

Colocar a Paz, entre a humanidade

Dissipar com as guerras, esse terror

Trocar as lágrimas pelos sorrisos

Descer os Céus, se for preciso

Plantar a semente da Humildade

Que brota dos galhos da reciprocidade...

Quem me dera poder o mundo transformar

E o avesso do hoje poder enxergar

Reconstruir passo a passo, tudo novamente

A cada cova, plantar uma nova semente

De maneira simples, sem vaidade

Florindo os espaços com Justiça e Igualdade

Criar um modelo novo, com Liberdade

que minimize o sofrimento do povo

E que este tenha a Paz por sobrenome

Sem luta, sem frio, sem sede e sem fome

Espalhando Solidariedade, sendo irmãos...

Retirando o ódio de dentro do coração

Colocando sentimento de Fraternidade,

Levando ao povo Esperança, União...

Quem me dera poder trocar de situação

Viajar confiante para outra dimensão

Descobrir ao vivo, que a luta não foi em vão

Que Deus é a fonte da plena Sabedoria

Que todo conhecimento que eu adquiria

Moldava o caminho para minha Evolução.

Elisabete Leite – 22/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

DAMA DA NOITE

DAMA DA NOITE

 

Lua, que inebria os sentidos e alma

Embelezando todo o espaço sideral

Enche-nos de luminosidade e calma

Iluminando com seu brilho fenomenal.

 

Lua é o nosso único satélite natural

Quinto maior do belo Sistema Solar

Até transmite Paz interior... Celestial

 À todos nós, não importando o lugar. 

 

Dama da noite, que baila lá no céu

Girando com as estrelas, em espiral

 Entre as constelações, viaja ao léu.

 

Tu és elo de luz, em sintonia divinal

Fios de prata, no grande cósmico véu

Reina à noite, de maneira magistral.

 

Elisabete Leite – 21/04/2017

Imagem: Google.

 

 

Saiba mais…

ALFABETO DA NATUREZA

ALFABETO DA NATUREZA

 

A- Admirável Natureza, tu és uma bela poesia
B- Beleza igual não tem... Ah, pura fascinação!
C- Campos, matas virgens, tudo tem magia
D- Do desabrochar da rosa à suave canção
E- É perfeito contemplar toda sua harmonia
F- Ficar admirando o Sol, me causa emoção...

 

G- Gaia, dádiva de Deus, que faz parte do nosso dia
H- Habitat da Flora e Fauna, toda espécie animal
I- Incrível Mãe que acolhe o filho e agracia

J- Jamais o abandona, passa um carinho ideal

K- Kit de toda espécie de planta medicinal
L- Luz que encanta com seu brilho, até arrepia!
M- Manto verdejante que cobre todo espaço campal...

 

N- Natural são os Rios que correm até o mar

O- Oásis que reveste meu grande deserto

P- Preservar tua vida, é a maneira de te amar
Q- Quero observar o magnificente Universo de perto
R- Reconhecer a grandiosidade, no brilho de teu luar
S- Suavidade tem a ação do Vento a Céu aberto...

 

T- Teu esplendor me causa grande inspiração
U- Universo de todas as coisas do Céu e da Terra
V- Valorizar e respeitar seu espaço é a nossa missão

W- Watt de energia que reluz na imensidão

X- Xilógrafo todo o cenário que desce pela serra

Y- Yoga que me faz meditar sobre a tua doação
Z- Zelando agradecida pela semente que lá se enterra.

 

Elisabete Leite – 21/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

SONETO DO AMOR PLATÔNICO

SONETO DO AMOR PLATÔNICO

 

Amor platônico é de todas as idades

Aquele sentimento puro e intangível

Que chega rápido, trazendo saudades...

Até transforma a nossa vida sensível.

 

Amor à distância, capaz e divinizado,

Não fantasioso, é presente, amor fatal

É um sentimento intenso... idealizado

Amor perfeito, completamente normal.

 

Amor sublime, que não é brincadeira

Que se instala bem no âmago da alma

Relação completa... Pura e verdadeira

 

Amor platônico que transmite calma

Amor que semeia à Paz, sem ciumeira

Mais forte que amizade, Amor d’alma.

 

Elisabete Leite – 18/04/2017

Imagem: Google.

 

 

Saiba mais…

A GRANDIOSIDADE DA NATUREZA

A GRANDIOSIDADE DA NATUREZA

A lua radiante já se escondia lá fora

Os raios solares apontavam por trás dos montes

A escuridão se veste de luminosidade e vai embora

As estrelas rápido desapareceram no horizonte...

Ah, os pássaros logo gorjeiam anunciando o alvorecer!

Árvores balançam seus ramos umedecidos pelo orvalho...

Sim, agora já é dia e a rosa desabrocha pra vida,

O vento sopra suave, jogando suas folhas ao chão

Demonstrando o quanto a humanidade é favorecida

Recebendo de graça, da Natureza, toda sua doação...

A Flora e a Fauna nos contemplam com suas riquezas

Em pleno ato de doçura, renovação e total Amor

Harmonizando-se em sentimento de pura grandeza

Até o tempo demarca, no ciclo do dia, seu esplendor...

O arco-íris cintila o espaço com sua aquarela de cores

As alvas nuvens viajam por toda extensão do céu

Minha inspiração logo chega, valorizando os valores

No azul do horizonte, o branco se destaca formando um véu...

A beleza é tanta que ofusca até a minha retina

Enchendo de ternura e esperança a Luz de meu olhar

Toda esta obra de arte, me deixa inspirada, me fascina

Liberando da minh’alma as emoções, este meu poetizar...

Ah, navego pela imaginação, logo me encho de felicidade

Respiro fundo, ouvindo a música que saí do coração

Sabendo que a mágica da vida está na simplicidade

Assim, aproveito os ensinamentos, as edificantes lições.

Elisabete Leite – 17/04/2017

Imagens: Google.

Saiba mais…

SONETO À LIBERDADE

SONETO À LIBERDADE

 

Liberdade é expor o que pensa

Procurando ser eminente e feliz

Falando sem medo da imprensa

Assumindo na razão o que diz.

 

Liberdade deve ser real e plena

Não exceder os limites da razão

Sem fazer um julgamento à cena

 Na hora de manifestar sua opinião.

 

Liberdade é ter amor no coração,

Expressar sentimento sem limite,

Com bravura, coragem e emoção.

 

Liberdade é reconhecer a verdade

Semear muito amor, com doação, 

Cruzar fronteiras, em total Liberdade.

 

Elisabete Leite – 16/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

EU QUERO É VIVER

EU QUERO É VIVER

Hoje não quero choro, nem lágrimas...

Quero momentos de pura emoção

Ficar tranquila, sorrindo do nada

Navegar feliz pelos Mares da vida

Respirar bem fundo de satisfação...

Não quero falar de tristeza, nem de solidão

Vou velejar pelos quatro cantos do mundo

Pois já tenho à certeza, que a felicidade,

Ocupa todo lado esquerdo do peito  

E mora bem no âmago do meu coração...

Não quero falar de pranto, nem de dor

Não vou mais chorar, nem perder o encanto

Quero inovar, virar-me pelo avesso

Aproveitar a magia da minh’alma

Escutar a voz que sai do meu interior

Jogar do lado de fora todo o meu medo...

Ah, Hoje não quero falar de nostalgia

Nem relembrar aquilo que já passou

Quero falar de mudança de renovação

Vou enxugar os Rios de lágrimas

Aproveitar que o Sol brilha e faz calor...

Hoje eu quero é cantar, dançar e viver

Realizar meus sonhos, falar de Amor

Tecer poesias, viajar na imaginação

Compor meus versos, minhas rimas

Sair da minha concha, ser livre pra voar

Eu quero mesmo é banhar-me à beira-mar.

Elisabete Leite – 15/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

É HORA DE RENOVAR...

É HORA DE RENOVAR...

É hora de virar à página da vida

De reescrever uma nova história

De renovar à esperança perdida

Esquecer derrotas, rever vitórias,

  Sonhar com a felicidade merecida...

 

Hora de reconstruir o coração partido

Apanhar cacos que caem pelo chão

De reconquistar todo tempo perdido

Esquecendo os momentos de solidão

  E refletir sobre os instantes já vividos...

 

É hora de colorir o tempo nublado

Desenhar um sol, no dia de chuva

Enxugar o que ficou muito molhado

Aquecer, no frio, as mãos com luvas

Deixando tudo quente e iluminado...

 

Hora de repensar os erros cometidos

Juntar acertos que ficam pelo caminho

De cumprir tudo o que foi prometido

Procurar o amigo que deixou sozinho

  E versejar aqueles versos esquecidos...

 

Hora de apagar o velho, viver novo tempo

Pintar o lado negro que ficou na memória

De eternizar somente os bons momentos

Tomar como lição, as asperezas e vitórias

 O que não foi construtivo, jogar ao vento.

Elisabete Leite – 13/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

A SEMENTE DO AMOR

A SEMENTE DO AMOR

 

Caminhando pelos pomares da vida

Contemplando o verde da Natureza

Lá encontrei uma semente perdida

Pode ser uma árvore de rara beleza.

 

Plantei e reguei a semente toda hora

Na esperança de colher bons frutos

Protegendo-a do sol, do frio da aurora,

da chuva forte, até dos ventos brutos...

 

O broto nasceu e cresceu sem demora

A árvore se tornou um local acolhedor

Sua sombra cobre tudo do lado de fora.

 

Sua imagem é um verdadeiro esplendor

A árvore é minha amiga, meu abrigo agora

O que encontrei, foi à semente do Amor.

 

Elisabete Leite – 12/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

AO MEU AMOR

AO MEU AMOR

Ah, se eu pudesse ficar de novo contigo!

Sentir todo o teu corpo juntinho ao meu

Aproveitar os nossos instantes de amigos

Abraçar-te forte, deixar meus lábios nos teus

Como seria bom se tudo isto fosse possível,

E por um minuto pudesse retroceder o passado

Assim eu poderia realizar o impossível,

de  poder viver mais uma vez ao teu lado...

... Ah, se eu pudesse reviver a nossa história!

Teceria nas páginas, em branco, uma poesia

Traria de volta, tudo que eternizei na memória

Os nossos momentos de amor e os de alegria,

Todos os instantes de sentimento e emoção

Até aqueles sonhos que deixamos de realizar

Gostaria de rever teu rosto sorrindo de satisfação

Ver-te surgir, num passe de mágica, pra me abraçar...

... Ah, como eu queria te ver, te tocar, te sentir!

E poder inspirar o ar que você respira

Já não me importaria de ouvir-te mentir

Acreditaria novamente nas tuas mentiras

Queria falar-te nem que fosse por um instante

Dizer-te aquilo que ficou preso na garganta

Ouvir de novo as tuas promessas marcantes

Acolher-te em minha vida... Ser a tua manta...

Sabe! Eu queria que estivesse aqui comigo

Eu te envolveria em um grande abraço

Pediria para eu ficar sempre contigo

E jamais te deixaria sair dos meus braços.

Elisabete Leite – 12/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

GERUNDIANDO SOBRE A VIDA

GERUNDIANDO SOBRE A VIDA

 

Poetizando sobre as reflexões da vida

Rimando nos versos da minha inspiração

Tecendo sonhos... A realização pretendida

Dando asas à poesia, a minha imaginação...

 

Voando alto na busca de novas escaladas

Seguindo em passos firmes, sem fugir à luta

Driblando as pedras, que ficam pela estrada

Ultrapassando limites... Fugindo das multas...

 

Construindo os novos projetos, para o futuro

Enfrentando medos, que dificultam as vitórias

Tentando não ficar parada em cima do muro

Fazendo a minha parte, entrando pra história...

 

Virando à página dos fracassos, e das derrotas

Aprendendo, com as asperezas, as boas lições

Sabendo que existem diferentes janelas e portas

Fazendo ótimas escolhas, não caindo na tentação...

 

Escolhendo o caminho do Bem, aquele correto

Evitando fazer toda travessia pela contramão

Almejando que minha vida tome o rumo certo

Colorindo todas as lacunas escuras do coração.

 

Elisabete Leite – 10/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

NINGUÉM É UMA ILHA

NINGUÉM É UMA ILHA

Mesmo que pareça ser...

Aqui não estamos sozinhos

Deus nos contempla com o amanhecer

Precisamos de muita Paz e carinho

Não somos propriedades de ninguém

Vivemos à procura daquilo que nos convém...

Humanos tentando sobreviver nesta vida

Lutando para realizar todos os nossos ideais

Almejando conquistar à felicidade merecida

Neste mundo onde somos todos iguais...

Se sozinhos ou acompanhados, é mera opção!

O importante é praticar à Humildade

Para galgar novos degraus na Evolução

Cruzando novas fronteiras em Liberdade...

Porque ninguém é uma ilha...

Precisamos um do outro para se acolher

O ideal é se doar, conviver em partilha

Para o Amor de nosso Pai Criador merecer

Deus nos deu de presente esta maravilha...

Façamos do monte nossa real morada

Escolhendo seguir o caminho do Bem

Quebrando paradigmas, nessas escaladas

A vida não é somente o agora, é mais além...

Devemos viver sem vaidade, sem ilusão

Despojando-se das coisas ilusórias, ser condutor

Ultrapassando a ponte que leva a outra dimensão

Respeitando o limite do outro, doando Amor...

Elisabete Leite – 07/04/2017

Imagem: Google.

 

Saiba mais…

EVOLUÇÃO DE MEU SER

EVOLUÇÃO DE MEU SER

Lá, no meu passado, fui tronco de árvore

De uma roseira fui uma rosa em botão

Da pedra polida, no piso, fui o mármore

     Fui veias que levam sangue ao coração.    

 

Fui água límpida que saí direto da fonte

Fui a Natureza com toda sua perfeição

Fui mata virgem que cobre todo monte

A pureza do Amor que causa sensação.

 

Fui do tempo antigo, as estrelas do céu

Até paixão que provoca grande emoção

 Um rosto puro, todo encoberto pelo véu.

 

Fui Ser errante, que chorou com comoção

Voltei várias vezes, entre o mel e o fel

Hoje, sou gente pensante, sem ilusão.

 

Elisabete Leite – 08/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

QUEM TU ÉS?

QUEM TU ÉS?

Sou terra que faz brotar todo alimento

A água pura que jorra direto da fonte

Semente que germina o nosso sustento

A verdejante mata que desce pelo monte

 O tempo que demarca cada momento...

 

Sou o Reino Animal que vive, com grandeza

Os grãos dos quais se obtém toda farinha

O mar com todo seu esplendor e riqueza

O oxigênio liberado pelas algas marinhas

  Flora e Fauna em equilíbrio com a natureza...

 

Sou o rio que escorre e deságua no mar

O céu com nuvens na linha do horizonte

O brilho do astro rei, com seu raio solar,

A travessia de um lado a outro da ponte

Todo o Universo que podemos contemplar.

 

Sou os astros e satélites do espaço sideral

O desabrochar da rosa com a sua perfeição

O reluzir das estrelas com seu brilho colossal

O Amor que sentimos no âmago do coração

Todo o nascimento de uma vida natural.

 

Sou Criação de Deus no planeta terra

A Lua que ilumina à noite longa e escura

Sou os montes e penhascos, sou a serra!

Sou poesia tecida com toda sua doçura

A Natureza que nasce, vive, morre e enterra...

Elisabete Leite – 07/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

HOJE É SÓ SAUDADE

HOJE É SÓ SAUDADE!

Hoje as rosas não desabrocharam

Meus versos não saíram do papel

Até os ventos ainda não sopraram

  Nuvens nubladas e, sombrio o céu...

 

O Sol já não brilha com intensidade

E o tempo paralisa lá fora pra mim

Minh’alma chora de tanta saudade

   Não escuto aves gorjeando no jardim...

 

Ah, o coração vai explodir de tristeza!

As pétalas caem num pranto sem fim

A Natureza esconde toda sua beleza

   Já não sinto, no ar, aroma de alecrim...

 

Hoje o arco-íris não mostra suas cores

Apenas percebo folhas mortas ao chão

Oh, tudo parece sentir as minhas dores!

  Sufoca-me o aperto dentro do coração...

 

Como a saudade rouba meu encanto

Leva pra longe toda a minha felicidade

Eu já não consigo conter este pranto

Ah, como tortura essa tal da saudade!

 

Dor profunda que tira minha magia

Agora tenho um vazio e nada aflora

As rimas fugiram da minha poesia

   O Luar resolve também ir embora...

 

A nostalgia inebria a minha vida

Até falta no meu interior, o calor

Ò sem norte, totalmente perdida!

 Resta-me tecer um poema de amor.

Elisabete Leite – 06/04/2017

Imagem: Google.

 

 

 

 

Saiba mais…

SONETO DE AMOR SEM FIM...

SONETO DE AMOR SEM FIM...

 

Oh Amor! Que invade a vida da gente

Instala-se no âmago de nosso coração

Queima tal como a brasa mais quente

Sobrepondo-se à toda e qualquer emoção.

 

Amor... Capítulos de uma linda novela

Que se compõe de começo, meio e fim

Têm diversas nuances, em sua aquarela,

Como conto de fadas se apresenta a mim.

 

Amor... Que dá até nó em nossa mente

Que no exalo de fragrâncias, é alecrim

Alenta a alma, e deixa a gente contente.

 

Amor que é angelical... celestial querubim

Inocente e que some e aparece de repente

Gira-roda, se esconde, brincadeira sem fim.

 

Elisabete Leite – 05/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

EU PELO AVESSO

EU PELO AVESSO

Fiz uma introspecção profunda na minh’alma

Projetei-me pelo avesso tentando achar acertos

Buscando razões específicas pra continuar calma

Analisando no âmago todos os meus defeitos

Dessa vida insípida e envolvida por traumas...

 

Busquei todos meus pensamentos mais íntimos

Murmurando baixinho com a própria consciência

Indagando aqueles sentimentos que foram feridos

Colocando do lado de fora, minha eterna vivência

Jogando em cheque todos meus medos vencidos.

 

Analisei minuciosamente cada passo decisivo

Procurando razões construtivas sem fugir à luta

Retomando aprendizado de vida por mim preciso

Cada decisão tomada sem afetar a minha conduta

Retrocedendo nesse tempo natural e conciso.

 

Foram muitos erros e acertos nessa escola da vida

Experiências vividas e eternizadas na minha memória

Vitórias e derrotas desses relatos de uma fase sentida

Fatos marcantes que construíram toda minha história

Querendo recuperar cada situação por mim perdida.

 

Após alguma indagação a outras pessoas malfeita

Tenho razões para afirmar que aprendi de certeza

Renascendo de novo, de maneira quase perfeita

Sabendo agora que a vida não é somente tristeza

Procurando sanar as imperfeições da vida imperfeita.

Elisabete Leite – 04/04//2017

Imagem: Google.

 

 

Saiba mais…

CASA NO CAMPO

CASA NO CAMPO

 

Imagino-me em uma casinha no campo

O luar se esconde radiante ao amanhecer

Pássaros gorjeiam uma bela canção, um encanto!

E rosas desabrocham até mesmo ao entardecer...

A Natureza cobre o cenário com verdes relvas

Entrecortadas por cristalinas águas de um Ribeirão

Trilhas ocres que se aprofundam nas selvas

Rede na varanda, tecer poesia, pura inspiração!

O sol nascente deixa a paisagem dourada

Borboletas esvoaçam sobre as rosas no jardim

Flores adornam as margens das estradas

Ficando no ar, um doce aroma de alecrim...

Aproveito o clima, até danço na chuva

Banho-me nas gotículas d’água trazidas pelo vento

Percorro cada espaço vazio, respeitando às curvas

Deleitando-me, na íntegra, daquele momento...

À noite, lua e estrelas refulgem no espaço

Tornando o ambiente mágico... Acolhedor

Marcando a minha tela em novo compasso

Traços que me induzem a sentir amor...

Deito-me na grama, vejo uma estrela cadente

Faço um pedido: Peço você pra mim

Esqueço o mau passado, e vivo o presente

E anseio que seja assim, até o fim!

 

Elisabete Leite – 03/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

AMOR DE LUAR

AMOR DE LUAR

Beija-me e abraça bem apertado

Aquece meu corpo, com o seu calor

Deixa-me ficar sempre ao seu lado

Eu já não posso viver sem o teu amor...

Tu és a luz que ilumina os meus dias

Minha proteção... O meu cobertor

A melodia que anima as noites frias

Sentimento profundo... Avassalador...

A paixão que habita na minh’alma

O voo do colibri, beijando a flor

O antídoto que me deixa calma

Tu és um precioso tesouro de valor...

Contigo aprendi a conjugar o verbo amar

Tu és a fonte d’água que alivia minha sede

A sensibilidade de uma noite de luar

O meu sonho... Um devaneio na rede...

Remédio que faz sanar minhas feridas

O aroma dos lírios de meu jardim

Sem seu amor, me sinto perdida

Quero que este sonho não tenha fim...

Até já foste meu grande amor em outra vida

És o doce da minha bebida... Meu alimento

A partitura da minha principal canção

Meu refúgio, abrigo...  Meu alojamento...

Tu és meu luar, minha poesia... Minha inspiração!

Elisabete Leite – 02/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…

AMPLO CONHECIMENTO

AMPLO CONHECIMENTO

A vida nos reserva um amplo conhecimento

Esquecidos, guardados e achados pelo tempo,

Pensamento milenar, revisto neste momento...

Sabedorias trazidas naturalmente pelo vento

Passado, presente e futuro desde o nascimento.

 

O Ser humano tem histórias reescritas de vida

Fatos que trazem uma visão real de mundo

Experiências adquiridas de maneira sentida

Nessa roda da vida que se renova em segundos

Trazendo, ao presente, as mensagens esquecidas.

 

A vida é uma fortaleza que esconde no passado

as verdades eternizadas nos antigos escritos,

Relatos importantes lá dentro bem guardados

Desses que ajudam a achar o caminho previsto

O despertar para o novo mundo apresentado.

 

O Ser humano procura palavras, com exatidão

Realizando grande travessia para achar o rumo

Nesse mundo que almeja encontrar nova visão

Alcançando de modo concreto, no mesmo prumo

Sem que o barco caia à deriva nessa vastidão.

 

Mas o elo que faz ligar o velho ao novo mundo

São os conhecimentos eternizados na memória

Antigas vivências guardadas bem lá no fundo...

Ensinamentos que construíram toda uma história

História de vida que transmite o saber profundo.

Elisabete Leite – 1/04/2017

Imagem: Google.

Saiba mais…
CPP