Inspirações

A PERDA DE UM PAI

 

 

.

 

É morno o silêncio

desse eterno abraço

quando a morte é vida.

...

As lágrimas quentes

rolan pelos rostos

com olhar cansado.

...

¡Acordado sonho!

.

Ventaina perdida

que gime sem rumo

arrumando gotas

de chuva e de neve

na gelada noite

de outro triste inverno.

...

Nunca se esquece

ese frío na alma.

...

Quando a distancia nunca é ausência,

porque os sentimentos unem ás pessoas...

Também os de dor.

-Ou talvez esses mais ainda-.

 

...

 Nieves Merino Guerra

Canarias - España.

Febrero 2018

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Nieves

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • A morte não é perda, é separação momentânea. E mesmo assim faz-nos sofrer demais.

    Mas só sofremos por que antes amamos muito.

    Bonito poema Nieves.

  • Apesar de triste é lindo seu poema!

    As perdas sao muito tristes,eu as conheço bem!

    Um abraço carinhoso

    • Obrigada , querida Ciducha.

      Todos conhecemos grandes perdas, é verdade.

      E todas deixam fortes marcas na alma.

      Beijos grandes.

  • Gestores Adm

    É dura demais essa dor, mas para qualquer um de nós esse é fim.

    Apesar de tudo, é lindo o poema.

     

    • Sim, amada meiga.

      A presênça dum pai e de uma mai sempre se sinte perta... Ainda a saudade perdure.

      Te quero.

      Obrigada.

      Beijos.

  • Conheço essa dor. Senti na pele a perda do meu pai.

    O mundo ficou diferente sem ele.

    Quando perdemos alguém pra morte tudo é diferente. 

    • Sim, minha linda e amada Meire.

      É uma dor que fica como uma faca no coração.

      Obrigada pela sua carinhosa e amável presência, flor.

      Beijos.

       

  • Quando perdemos um anti querido, fica faltando em nós um pedço. Pai é o nosso espelho, a nossa vida

    • Sim...

      Seja pai ou mãe, o sentimento de vazío e orfandade é muito forte...

      E se é um filho-a, é indescriptível.

      Mais que obrigada pela gran de deferença e honra de sua visita, querido JoséCarlos.

      Uma honra, amigo poeta.

      Abraços grandes.

      Bendito seja.

       

This reply was deleted.
CPP