Inspirações

Absorto neste pensamento

Absorto neste pensamento obtuso, vais o meu olhar no horizonte pulcro. Imaginar-te este destino tão confuso, que me assusta como á solidão de um sepulcro. E que me levas há viveres como outros assim em pranto, vendo as trevas desta certeza. Me perseguires com o teu canto a mim que vivo de ti fugindo, como do lobo foges à presa. Resta-me só como um céu indo escurecendo, silente na tarde calma... Esperar-te que um dia aqui por dentro, seus dedos frágeis toquem minh'alma. Thiago Rodrigues 

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Adm

    ´De um lirismo que se sente na alma.

    Lindo poema!

    Destacdo!

This reply was deleted.
CPP