Inspirações

Acordei exalando teu perfume

Acordei exalando teu perfume 

 

Hoje acordei exalando teu perfume,

Acobertando meu corpo de olor,

Em pensamento te abracei meu amor,

Esqueci meu lamento e meu queixume.

 

Lembrei das tardes quentes de verão 

Onde nós dois trocando alguns anseios,

Olhos cerrados pra que o devaneio 

Ouvisse o pulsar do meu coração .

 

Meu coração silente a tua calma ,

Com doçura abrandava frágil alma,

Carente d'um bocado de ternura .

 

Clamando caminhar sempre a teu lado,

Buscando pela estrada só ventura,

Feliz por ter o amor eternizado .

 

Márcia A Mancebo    06/05/2018

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Aplausos belíssimo amiga 

  • Marcos querido obrigada pelo gentil comentário.

    Que bom que gostou desse humilde soneto escrito por essa aprendiz de aprendiz.

    Mais uma vez agradeço.

    Bjs

  • Desculpe Marcos, apaguei seu comentário.

    Foi sem querer.

    • Ah... não se preocupe querida...
      Comentário de aprendiz não tem importancia mesmo... kkkkkkkk

       

  • Que lindo soneto de amor!!!

    Aplausos milllllll!!

    Beijossssssssss

This reply was deleted.
CPP