Poesias

" Alma Enamorada "

Formatado por Livita

Melancólica, sua alma se pôs a ler,

A meiguice dos olhos dela dormindo,

No sonho que ela estava a ter,

Havia um amor tão puro...tão lindo.

** 

Eram décibeis de beleza fluindo,

Seus lábios, duas cerejas de verdade,

Como beijos de uma árvore caindo,

Numa boca cheia de vontade.

**

Ficando a olhar para ela horas a fio,

Cresceram-lhe lágrimas tão difusas,

Como a água que corre num rio.

**

E nos olhos dela se sentiu banhada,

Pelo mar de rosas de uma musa,

Que sua alma ficou enamorada.

**

 Cristina Ivens Duarte-9/11/2017

 

 

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Cristina Ivens Duarte

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Querida Cristina, venho ler-te pelo que sei da talentosa poetisa que és,
    porque os teus versos são a garantia de um momento de encantamento,
    e porque é sempre bom a gente estar por perto de quem gostamos e admiramos,
    mas, ao chegar e ler estes vocábulos eivados do suave perfume de tua alma,
    me sinto mais do que encantado, me sinto abençoado por Deus, me sinto
    presenteado pela vida e feliz pela nossa amizade...
    Meus aplausos, que Deus conserve a ternura e o delicado romantismo desta tua alma lusitana.
    Beijos, Marcos.

    • Querido amigo Marcos.Senti-me presenteada com a sua leitura e apreciação mas, maior foi a felicidade que inundou o meu coração, com a nobreza das suas palavras. Estas mais importantes que tudo na vida, a amizade consistente, o amor e o carinho. Que a luz ilumine o seu caminho, na paz, serenidade em comunhão com os que o rodeiam. Um forte e legitimo abraço.

  • Maravilhoso Cristina. Parabéns.

    • Muito obrigada amiga Margarida pela sua leitura e apreciação, beijinhos.

  • Acredito que Fernando Pessoa e Almeida Garrett de onde estiverem estão te aplaudindo Cristina.
    Sinceramente não sei o que dizer diante da finura e da perfeição do seu poema.
    VOU SINTETIZAR

  • Maravilhoso e meigo soneto Poetisa Cristina. Um deleite para nossos olhos. Meus parabéns. Abraços.

  • Lindissimo poema, Cristina!

    Beijinhos

    • Obrigada pela sua apreciação amiga Livita, ficou lindíssima a formatação, belo trabalho, beijinhos.
This reply was deleted.
CPP