Poesias

Apesar...



Ai ai, como sou infeliz...!
Plantei girassóis nos meus olhos
Nasci o sol em mim
Tudo eu fiz.

...E depois de tamanho sacrifício
De fazer de ti meu vício,
minha sede, minha fome,
mal e bem que me consomem,
ainda estou
(aqui)

No mesmo lugar.
Com o mesmo pesar.
( No coração)
Idiota dor de paixão.
Depois de tudo e mais um pouco
De sofrer como um louco
Pintei o nariz
(e a alma), e
Continuo infeliz
E apesar de tudo que fiz
Tu "( desenfeliz!! )"
Não me quis...!

Elisa Salles 
( Direitos autorais Reservados)

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Um verdadeiro encanto, onde rescita lindas palavras que vem dos olhos

  • Adm

    Excelente composição.

    Parabéns, Elisa.

    Destacado!

  • "Tu "( desenfeliz!! )"
    Não me quis...!"

    Maravilhoosooooooooooooooo

    Bjs

  • ...É assim mesmo; minha cara poetisa; o amor é coisa de louco!...

    ...E que doce loucura essa, sua...hein?...

    AMEI!...MEUS APLAUSOS.

This reply was deleted.
CPP