Inspirações

Brincando no jardim

A suave manhã se erguia

a pequenina ave

na flor singela

pousava

e com maestria

bailava em cada pétala.

 

Tudo em  volta  hoje é saudade

a lembrança

ainda  arde a pele

daquela menina sentada

naquele jardim

brincando de plantar.

 

As margaridas rocheadas

junto as rosas quase douradas

de tão amareladas

despertam lágrimas

em seu olhar

 

Beijos de frade

rosas meninas

angélicas

cravos

crisântemos

embelezavam aquele lugar

onde a menina brincava

molhava as plantas do jardim

todo fim de tarde.

 

A alegria da menina

aos poucos foi ganhando

outros ares

buscando outros lugares

fora da estação das flores

e o seu riso já não é mais o mesmo

sem aquelas flores

sem a sua vida

na fase criança

onde a vida era um palco

aguardando a menina

para dançar.

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Gilcelia Santos Ressurreição

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Belíssimo com a suavidade das rendas que, poderosamente, enfeitam cada verso do seu poema.

  • Belíssimo com a suavidade das rendas que, poderosamente, enfeitam cada verso do seu poema.

  • Olá, minha querida amiga! Seja muito bem vinda! A casa é toda sua!

    Bom tê-la aqui!

    Grande beijos, cheio de flores!

    Nina

  • LINDÍSSIMO Gilcelia. Parabéns.

  • Que lindo,eu ameeiiiiiiiiiiiiiiii!

    Aplausos de pé!

    Bjssssssssssss

  • Adm

    Gilcelia, pedimos que coloque, sempre, a sua autoria abaixo do poema. Obrigada.

  • Adm

    Uauuu! Que lindeza de poesia!

    Lindíssimas cenas vão surgindo decorrer da leitura e encantando a alma.

    Destacado poema.

    Parabéns!

This reply was deleted.
CPP